Geisy diz que sua revista será mais completa que a de Luana Piovani

Geisy diz que sua revista será mais completa que a de Luana Piovani

O mês de abril deve mexer com o mercado editorial voltado para o nu feminino. “Playboy” e “Sexy”, as duas maiores revistas do segmento, prometem uma boa briga nas bancas. De um lado, o retorno da primeira, trazendo na capa e no recheio ninguém menos que Luana Piovani, num ensaio sem cachê e mais comportado. Do outro, a polêmica Geisy Arruda, que anuncia que vai mostrar tudo o que tem direito em fotos pra lá de ousadas. O EXTRA conversou com Geisy para saber da expectativa da loira nesse embate.

Segura, a atriz falou que não teme comparações nem se sente ameaçada em concorrer com a mulher de Pedro Scooby nas bancas. Mas não perdeu a oportunidade de alfinetar Piovani.

“Somos duas mulheres completamente diferentes. A diferença da minha revista é que vai ter o nu completo. Eu fui criada com a ideia de que revista masculina tem que ter nu completo. Mudar isso agora, não acho bacana. Vai virar mais um ensaio muito bonito, ousado, mas como qualquer outro. A minha revista é mais completa, ela vai ter o nu completo, é tradicional”, alfineta Geisy.

Durante a coletiva de imprensa da “Playboy”, quando foi apresentada como a capa de abril, Luana deu declarações polêmicas, afirmando que não fará fotos apelativas. Geisy, claro, não concordou com a atriz e criticou:

“Eu não posso me incomodar em saber que o homem vai se masturbar vendo a minha revista, porque faz parte, ora essa. Não quer que o homem se masturbe, então não sai nua. A minha revista vai ser melhor porque vai ser completa, vai ser como deve ser uma revista masculina”.

2011-479471381-2011120989215.jpg_20111209 Luana-Piovani-Trip

Luana até chegou a afirmar que fará fotos de “nu frontal”, mas “nada vulgar”, garantiu. Para Geisy, o conceito de nu proposto pela nova “Playboy” não deveria mudar.

“O homem, quando compra uma revista, ele quer ver uma mulher que ele nunca terá, mas que vai ter naquele momento, naquela foto, pra ele, com uma pose sensual, um olhar penetrante, e ela completamente nua. É um prazer que ele vai ter naquele momento. O nu passa isso. Em algum momento ele se sente, entre aspas, o dono daquela mulher nua na revista. Não tem a menor graça posar sem mostrar tudo ou se limitar”, afirma.

Cachê de R$ 50 mil

Essa será a segunda vez que Geisy posará nua para a revista, e a primeira de Luana. Enquanto a mãe de Dom, Ben e Liz não vai ganhar nadinha de cachê pelas fotos, o EXTRA descobriu que a ex-estudante universitária receberá só um quarto do que ganhou pelo primeiro ensaio. Em 2010, ela faturou R$ 200 mil. Já no novo trabalho, ela vai receber apenas R$ 50 mil.

“Eu jamais posaria de graça. Tem que ter cachê pelo menos para pagar a depilação, né?! Não é possível”, justifica Geisy, sem entrar na questão do valor que receberá pelas fotos.

geisyeee

Um dos motivos que a fizeram topar sair nua novamente foi o fato de poder mostrar para o público sua nova forma física.

“Eu encaro a nudez muito bem. Posar nua para mim não é algo vergonhoso ou algo que vai contra a moral ou bons costumes. Eu enxergo como um trabalho, muito bonito por sinal, e faz um bem danado pro meu ego. Além disso, esse é o melhor momento para eu posar. Eu sou outra mulher. Eu transformei meu corpo, eu hoje sou adepta a uma vida saudável. Ando com marmita pra cima e pra baixo, treino todos os dias. Fiz cirurgia plástica, sim, não me arrependo. E hoje eu sou adapta a uma vida muito mais saudável do que há seis anos. Estou com o melhor corpo que eu já tive na vida. Por que não mostrá-lo?”.

Geisy exibe o novo corpo

Resultado da cirurgia íntima será mostrado em revista

Entre as transformações citadas, está uma cirurgia íntima, que será, segundo Geisy, o grande atrativo deste ensaio nu.

“Quando eu posei pela primeira vez em 2010, eu tinha feito uma lipo e uma troca de silicone. Depois eu fiz a rinoplastia (operei o nariz) e uma cirurgia íntima, ao mesmo tempo. Na primeira vez que eu posei, eu tinha os grandes lábios da vagina avantajados, e hoje eu não tenho mais. Vou mostrar pela primeira vez. A cirurgia íntima foi a que mudou a minha vida, porque me tornou uma mulher muito segura. Hoje eu tenho muito orgulho e prazer pelo meu corpo. Estou muito realizada, e agora o Brasil vai ver. A minha revista vai ter muito mais atitude. Eu quero que as pessoas queiram comprar para ver a nova Geisy. Eu quero passar esse amor próprio, essa autoestima, esse prazer que eu tenho com meu corpo. Quero que as pessoas sintam curiosidade em ver a nova Geisy”.

 

 

 

 

 

G1