Galego de Sousa admite conversa com Ricardo Marcelo, mas reafirma voto em Adriano Galdino

Galego de Sousa admite conversa com Ricardo Marcelo, mas reafirma voto em Adriano Galdino

O deputado estadual, Galego de Sousa (PP) ratificou o voto em Adriano Galdino (PSB) e se disse injustiçado pelos boatos de que ele teria traído o grupo. “Não tinha nenhum motivo para não votar declarado e votei sim nos nossos candidatos e eles se elegeram”, diz.

 

Em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, nesta quarta (4), o deputado afirmou que a votação foi clara e ele tinha compromisso com o grupo que votou, ratificando que não tinha motivo para não votar declarado. “Não tenho nem como estar insatisfeito, estou com a consciência limpa”, diz.

 

Galego preferiu evitar polêmica e não atribuiu a ninguém os boatos, afirmando que aconteceram muitas conversas no final de semana que antecedeu a eleição, e que ‘todo mundo estava conversando’, inclusive ele. O deputado também admitiu conversas com o ex-presidente da Casa, Ricardo Marcelo (PEN), através do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) que é do seu partido.

 

“Tenho aproximação grande. Somos do mesmo partido e votei em Aguinaldo para deputado. Temos uma parceria no Sertão e em nenhum momento me excluí de conversar com ninguém de uma base ou da outra, mas sempre com o compromisso que assumi 90 dias antes, de votar em Adriano e Gervásio”, garante.

 

De acordo com o deputado, tanto Aguinaldo quanto Ricardo Marcelo foram informados de sua divergência, mas ele explicou que  é parceiro de Aguinaldo e se fosse a irmã do deputado, Daniela Ribeiro (PP) fosse candidata a presidência, ‘com certeza teria meu voto até por fidelidade ao partido’.

 
 


Marília Domingues / Fernando Braz