Galdino nega manobra com CPI da telefonia para impedir outras investigações na Casa e reclama: ‘PB tem pior serviço’

Galdino nega manobra com CPI da telefonia para impedir outras investigações na Casa e reclama: ‘PB tem pior serviço’

O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), negou em entrevista ao programa Rádio Verdade da Arapuan FM, nesta quarta-feira (30), que esteja fazendo manobra ao manter a CPI da Telefonia Móvel, para impedir outras de serem instaladas, a exemplo da CPI do Empreender, e reclama: “Paraíba é o estado com menos investimento em telefonia”.

Galdino destacou que nunca tomou decisões em desacordo com o regimento interno da Casa e que espera que a oposição defina os participantes ou diga que não vai indicar ninguém. “A oposição tem o discurso de dizer que estou atropelando, mas eu cumpro integralmente o regimento”, disse.

O parlamentar defendeu a CPI da Telefonia Móvel, apontando que está sendo feito um papel importante e que a Paraíba é um dos estados com menos investimento em telefonia, “outra coisa que está parecendo muito preocupante é que a Claro de certa forma que comanda todas elas apesar de não ser permitido, ela está comprando as outras operadoras e que temos hoje fundos de comunicação no valor de R$ 85 bilhões para investimento em melhorias de serviço que não estão sendo usados”.

Galdino revelou que os deputados ainda não encontraram o “Q” da questão, mas que “tem muita coisa podre no sistema de telefonia do Brasil”, disse, lembrando ainda que há diversos contratos de telefonias com a Anatel que não vêm sendo feitos com a Paraíba há cinco ou seis anos.

 


Marília Domingues