Frentista é preso suspeito de participar da morte de empresário

Frentista é preso suspeito de participar da morte de empresário

Com a prisão de três acusados, a Polícia Civil da Paraíba acredita ter desvendado o caso do assassinato do empresário Marcone  José Ferreira de Morais, morto durante assalto em frente ao Banco do Brasil, no Bessa, em João Pessoa.

Nesta quarta-feira (13), os acusados pela morte do dono de rede de postos de combustível em João Pessoa serão apresentados na Central de Polícia, às 9h.

Entre eles um frentista, que seria a pessoa que teria repassado informações para o grupo criminoso. Este foi o último a ser preso pela polícia durante a noite.

Os outros dois foram presos no período da tarde e encaminhados a Central de Polícia, no bairro do Geisel.

 

 

 

 

 

MaisPB