Frei Anastácio elogia Ricardo e faz críticas a Veneziano e Aguinaldo

Frei Anastácio elogia Ricardo e faz críticas a Veneziano e Aguinaldo

O deputado estadual Frei Anastácio (PT) parabenizou, hoje (19), no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba, a postura do governador Ricardo Coutinho (PSB), por defender a democracia e o governo Dilma. “Quero aqui registrar que a postura do governado Ricardo Coutinho, que desde o início da tentativa de golpe se manteve firma na defesa da democracia”, destacou o petista.

Frei Anastácio citou o governador da Paraíba como um homem de coerência e ética. “Honrado e de fortes tradições republicanas, o governador continuará atuando de maneira a preserva a legalidade e os resultados das eleições de 2014”, ressaltou.

O parlamentar também criticou duramente a postura dos deputados paraibanos que votaram a favor do Impeachment. O deputado destacou o voto dos deputados federais Aguinaldo Ribeiro e Veneziano Vital. “O pai de Veneziano, Vital do Rego, que era um homem íntegro, deve ter se retorcido todo no caixão ao ouvir o voto do filho a favor do golpe à democracia no dia 17. Outro covarde foi o deputado Aguinaldo Ribeiro. Ele sugou as tetas do governo, e durante a votação vomitou o leite que bebeu no prato dos ratos e da pocilga que é aquela Câmara Federal, com raras exceções. Isso é vergonhoso. É degradante”, lamentou.

O parlamentar também lembrou que o povo foi para a rua, de forma pacífica, mas com muita garra e lembrou que o Sertão também se mobilizou numa carreata, durante o final de semana mostrando que o sertanejo sabe que o governo do PT foi o que mais investiu no semiárido, além da implantação de políticas públicas que beneficiam o povo mais humilde.


Votação na Câmara dos Deputados


Frei Anastácio também disse no plenário da Assembleia Legislativa da Paraíba, que raramente se viu tamanha ignorância, na votação do encaminhamento de impeachment, domingo (17), na Câmara dos Deputados, em Brasília. “Em raros momentos da história política deste país, vimos tamanhas insensatez e cretinismos”, destacou o parlamentar.

Frei Anastácio também falou que a grande maioria dos deputados federais se apresentou como pessoas honestas e honradas. “Na verdade, eles esconderam suas faces corruptas, acusando a presidente Dilma de que teria cometido crime de responsabilidade por ter editado decretos, instituindo créditos suplementares. Todos nós sabemos que o art. 4º da Lei Orçamentária do ano de 2015 garante a Presidente da República editar decretos, desde que respeitado o superávit primário”, explicou.

O petista citou exemplos de prática corriqueira entre gestores, que nem sequer respeitaram o superávit primário, prejudicando a referida lei. “Como exemplo, cito o caso do ex-governador Antônio Anastasia, de Minas Gerais. Esse deixou de cumprir a meta de superávit em todos os momentos dos seus quatros anos de governos. Ainda se referiu ao governo da Paraíba que fez pedalada fiscal, na época do atual Senador Cássio da Cunha Lima. “Nos governos do PSDB tudo poderia ser feito. No de Dilma não. No de Dilma o mesmo fato corresponde a crime de responsabilidade, na compreensão desses hipócritas”, declarou.

 

 

 

 

 

Assessoria