Formiga marca, sofre pênalti, e Brasil bate Coreia do Sul no Mundial Feminino

Formiga marca, sofre pênalti, e Brasil bate Coreia do Sul no Mundial Feminino

Uma vitória com gosto de homenagem. Assim foi o triunfo de 2 a 0 do Brasil diante da Coreia do Sul, nesta terça-feira, no estádio olímpico de Montreal, na estreia na Copa do Mundo feminina. Quem abriu o marcador foi Formiga, 20 anos de seleção. O gol deu à brasileira de 37 anos o recorde de mais atleta mais velha a marcar em um Mundial. Ela derrubou a marca da canadense Charmaine Hooper. Mas a meia não quis parar seu show por aí. Sofreu um pênalti no segundo tempo. Marta converteu e garantiu o feito de maior artilheira em Copas com 15 gols.

A seleção brasileira começou o primeiro tempo apresentando seu cartão de visitas. Logo aos dois minutos, Fabiana mandou um chute da entrada da área no travessão. As finalizações não eram privilégio de poucas. A equipe verde-amarela revezou bastante tanto que a zagueira Mônica também chegou à frente para uma tentativa ofensiva. A Coreia do Sul chegava, mas sempre tentando bolas altas. Garantiu alguns escanteios e com essa arma buscava colocar a bola na área principalmente para os chutes de Cho Sohyun. Tentativas sem sucesso. 

O Brasil seguia com sua forma de jogar. Marta, por vezes, buscava o jogo no meio de campo. As chances aumentavam e foi então que, aos 33 minutos, o gol chegou com Formiga. Cristiane tentou jogada individual, a defesa da Coreia cortou mal e sobrou nos pés da camisa 20 brasileira mandar para as redes. 

A seleção não diminuiu o ritmo no segundo tempo. Com jogadas ainda melhores trabalhadas, a equipe passou a usar mais Andressinha pela direita. Os toques eram certeiros e foi em um deles que Formiga entrou perigosamente na grande área. Cho não quis saber de brincadeira e fez pênalti claro. Marta cobrou com qualidade rasteiro no canto esquerdo para chegar aos 15 gols e assegurar o título de maior artilheira em Copas do Mundo.

Com o resultado, o Brasil assume a liderança do Grupo E com três pontos já que Espanha e Costa Rica empataram em 1 a 1. Na próxima rodada, a equipe de Vadão enfrenta a Espanha, sábado, dia 13, às 17h (de Brasília). No outro jogo da chave, Coreia do Sul e Costa Rica se enfrentam às 20h.

 

 

globoesporte