FNDE prorroga prazos de validade de documentação do FIES devido a greve dos bancários

FNDE prorroga prazos de validade de documentação do FIES devido a greve dos bancários

Devido a greve dos bancários deflagrada em 6 de outubro de 2015, ainda sem previsão de término, muitos estudantes usuários do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) correm risco de perder o benefício com o esgotamento dos prazos de validade da documentação necessária para contratação ou aditamento. 

Para solucionar o problema, o FNDE prorrogou os prazos de validade dos Documentos de Regularidade de Inscrição (DRI) e dos Documentos de Regularidade de Matrícula (DRM), destinados a contratação do financiamento e ao aditamento do contrato de financiamento do FIES.

Os DRI e DRM que tiveram seus prazos de validade expirados durante o início e até 10 dias após o término da greve deverão ser acatados pelos agentes financeiros do FIES para fins de contratação e do aditamento da operação de crédito até o vigésimo dia subsequente ao término da greve, conforme divulgado no Diário Oficial da União.

O FIES sofreu mudanças neste ano. Pelas novas regras, só estudantes sem graduação podem participar do processo, e que tenham feito o ENEM a partir de 2010 com nota mínima de 450 pontos. A renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos. A taxa de juros passa de 3,4% ao ano passou para 6,5% ao ano; o prazo de pagamento será de três vezes a duração do curso; a prioridade para cursos com notas 5 e 4 no SINAES, o Sistema Nacional de Avaliação Estudantil.

 

 

 

Click PB