Fim dos lixões no Vale do Piancó

Fim dos lixões no Vale do Piancó

Os prefeitos de todo o Brasil estão envoltos com uma decisão sobre o fim dos lixões e a criação de aterro sanitário nos municípios. Eles têm até o mês de agosto do próximo ano para se adequarem as regras nacionais dos resíduos sólidos. E caso não sejam cumpridas as exigências os gestores sofrerão multas e outras severas punições por agredir o meio ambiente.

 

Na região a maioria das prefeituras recolhe o lixo e além de não receber tratamento o jogam em terrenos baldios que ficam expostos ao ar livre causando mau cheiro, poluição e doenças. Além da contaminação dos rios e açudes responsáveis pelo consumo humano da população. Nesses lixões é comum ver pessoas buscando material reciclável ou restos de comida.

 

Além de animais que também procuram saciar sua fome em meio ao descaso gerado pela própria população e os gestores que não cuidam dessa parte como deveriam. Há anos os municípios são alertados pelas autoridades sanitárias sobre a criação de aterros sanitários que reciclem o lixo e cuidem para que o resto do material não possa contaminar o meio ambiente.

 

No Vale do Piancó já existe um aterro sanitário com licença ambiental concedida pela Sudema e que já recebe o lixo de pelo menos três cidades. Entre elas, Aguiar, Curral Velho e Pedra Branca que já cuidam dos resíduos sólidos desses municípios desde os primeiros meses do ano. O local fica na comunidade rural Saboeiro município de Piancó.

Fotos: Lixão em Piancó PB

Vale News PB