FIM DA LINHA: composição de forças na Paraíba faz com que quatro políticos não disputem à reeleição em Brasília

FIM DA LINHA: composição de forças na Paraíba faz com que quatro políticos não disputem à reeleição em Brasília

Terminado o prazo para homologação das candidaturas visando às eleições 2014 e a composição de forças faz com quatro lideranças políticas paraibanas não disputem a reeleição: três deputados federais e um senador.Até agora não disputarão a reeleição da Câmara Federal três parlamentares: os deputados federais Major Fábio (PROS), Nilda Gondim (PMDB) e Ruy Carneiro (PSDB) além do senador Cícero Lucena (PSDB).


O deputado federal Major Fábio (PROS) que surpreendeu a todos e resolveu deixar de lado os muitos convites  que recebeu para compor chapas majoritárias para estas eleições e anunciou, no início da tarde desta segunda-feira (30), que será o candidato na disputa majoritária. Em seu discurso, agradeceu aos convites de partidos como PMDB, PSDB e até do PSB, mas revelou que o mais importante era manter a coerência e sua palavra de que seria o postulante seguindo seu sonho.


"Nossa vitória não é para ver quem tem mais votos, a nossa vitória é ter palavra, é ter coerência, é isso que a Paraíba precisa, de um homem de palavra e coerente. Em nome da minha família que já disse que venci as eleições. Não importa se no dia 5 de outubro vou vencer. O que importa é cumprir a palavra, é ser verdadeiro e mostrar que é preciso ter coragem e que sonho não é só rico que pode ter, pobre também pode colocar sonho em prática. O meu sonho é esse e eu vou até o fim, mesmo com 1% sou candidato ao Governo da Paraíba!", destacou. Major Fábio em seu discurso, salientou que o partido e sua família sofreram muito para tomar esta decisão, mesmo sendo cotado para compor chapas mais promissoras ou ainda ser candidato a deputado federal mais uma vez, decidiu seguir seu sonho e cumprir sua palavra de que seria postulante ao governo ou não seria candidato a nada.


Outro parlamentar que não concorrerá à reeleição é o presidente estadual do PSDB Ruy Carneiro que será candidato a vice-governador na chapa de Cássio Cunha Lima.


Quem também pendurou as chuteiras foi à deputada federal Nilda Gondim (PMDB) que em face da desistência do filho Veneziano Vital que não concorrerá à cadeira de governador e decidiu colocar o ex-prefeito de Campina Grande na disputa. Por fim a saída de cena mais traumática foi a do senador Cícero Lucena (PSDB) que levou uma rasteira do seu grupo e não disputará a reeleição, pois o pré-candidato tucano Cássio Cunha Lima optou pelo nome de Wilson Santiago (PTB) como concorrente ao Senado.


Rifado dentro do ninho tucano, Lucena afirmou que não vai será candidato e por isso não participou da Convenção que foi realizada neste domingo (29), no Colégio Pio X.


PB Agora