Filho do ex-vice de Palocci é achado morto em academia

Filho do ex-vice de Palocci é achado morto em academia

O engenheiro e empresário Maximillian Maggioni, de 44 anos, foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (26), no banheiro de uma academia no Jardim Paulistano, na zona leste de Ribeirão Preto (SP). Ele é filho do ex-prefeito Gilberto Maggioni e a Polícia Civil investiga as causas da morte.

O corpo do engenheiro foi encontrado caído em um dos boxes de chuveiro por funcionários da academia, que precisaram arrombar a porta após notarem que ele não respondia aos chamados. O Corpo de Bombeiros foi acionado e uma equipe tentou reanimá-lo, mas ele já estava morto.

Ataque cardíaco
As suspeitas são de que o engenheiro tenha sofrido uma parada cardíaca enquanto tomava banho, após fazer uma série de exercícios físicos na academia. “Tudo indica que ele teve um ataque cardíaco, mas isso só a perícia e o IML [Instituto Médico Legal] que vai poder realmente dizer o que que aconteceu”, afirmou o delegado Gino Santana.

Segundo a Polícia Civil, Maggioni não sofria de doenças no coração e não tomava medicamentos. “Ele não tinha histórico de doenças anteriores, não havia nenhum tipo de situação, também não tomava nenhum medicamento”, comentou o delegado após ouvir familiares da vítima.

Inicialmente, nenhuma lesão foi achada no corpo de Maggioni, segundo Santana. “Ele tinha uma vida saudável e só a perícia técnica que acabou de chegar, aliás, que vai poder verificar outras lesões que ele deve ter sofrido”, disse o delegado.

O pai do engenheiro, o ex-prefeito de Ribeirão Preto e ex-vice-prefeito na gestão de Antônio Palocci, Gilberto Maggioni, compareceu à academia para identificar o corpo do filho, mas não quis conceder entrevista.

 

 

G1