Filha de Dilma Rousseff vive cercada de seguranças até para trabalhar

Filha de Dilma Rousseff vive cercada de seguranças até para trabalhar

Casada, 39 anos, mãe e procuradora do trabalho no Rio Grande do Sul. Essa é Paula Rousseff Araújo, que, como o sobrenome famoso já entrega, é filha da presidente Dilma Rousseff. Ela é discreta, evita se expor publicamente e, em geral, só é vista em algumas solenidades oficiais da mãe, como no primeiro dia do ano, quando desfilou em carro aberto com Dilma na cerimônia de posse do segundo mandato da presidente.

Paula Rousseff entrou no MPT (Ministério Público do Trabalho) do Rio Grande do Sul em 2003 por meio de concurso público. Atualmente, recebe salário de R$ 25.260,20 e exerce a função em Porto Alegre.

Funcionários do MPT evitam dar detalhes sobre o comportamento da colega de trabalho, muito menos se atrevem a confirmar se a filha herdou o comportamento linha dura conhecido da mãe. “Ela tem fama de ser uma procuradora muito competente”, destaca uma fonte ouvida pela reportagem do R7.

Nas festas e eventos políticos de Porto Alegre, Paula Rousseff também não costuma dar as caras. “Ela é muito discreta e dificilmente é vista em eventos sociais. Só a encontrei uma vez, na reinauguração do estádio Beira-Rio, quando chegou acompanhada de seguranças”, conta um colunista gaúcho.

Proteção constante

Falando nisso, Paula é seguida o tempo todo por um forte esquema de proteção — uma das atribuições do Gabinete de Segurança Institucional aos familiares dos chefes de estado.

A presença militar, muitas vezes, causa constrangimentos. Em outubro de 2014, às vésperas da eleição, Paula Rousseff foi madrinha de um casamento no Espírito Santo.

Além de passarem o tempo todo na porta na festa, os seguranças da filha da presidente vetaram os demais padrinhos de estacionar no lugar reservado a eles. A única exceção foi o carro dos noivos.

Apesar do inconveniente, Paula Rousseff foi descrita como simpática. “Ela foi muito na dela. Mas atendeu vários pedidos para tirar fotos com as pessoas”, relembra um dos convidados. “Muita gente ia falar com ela da eleição ou mandava beijo para a Dilma. Mas ela sempre se esquivava de assuntos políticos”, conta.

Vida familiar

A advogada é a única filha de Dilma Rousseff. A preferência pelo direito foi herdada do pai, Carlos Franklin Paixão de Araújo, ex-deputado estadual gaúcho e ex-marido da presidente.

Em 2008, Paula se casou com Rafael Covolo em uma badalada cerimônia em Porto Alegre, que contou com o então presidente Lula como um dos padrinhos e diversos ministros e autoridades como convidados. Em 2010, nasceu Gabriel, filho do casal e único neto e queridinho da presidente da República.