Fies segue fechado para novos contratos apesar de decisão judicial

Fies segue fechado para novos contratos apesar de decisão judicial

Apesar de a Justiça Federal de Mato Grosso ter determinado que o prazo de inscrição do Programa de Financiamento Estudantil (Fies) do Governo Federal fosse prorrogado por tempo indeterminado para novos contratos, o sistema continua fechado no site do programa. O Ministério da Educação diz que não recebeu ainda a notificação judicial e que vai recorrer da decisão à Advocacia-Geral da União (AGU). No site aparece o frase "o prazo para inscrição no Fies encerrou dia 30.4.2015.". Para quem já tem contrato, a renovação pode ser feita até 29 de maio.

 

O MEC argumenta que já alcançou a meta estipulada de 250 mil novos contratos financiados e que por conta de limitações no orçamento não tem como aceitar todos os pedidos. O ministério espera para as próximas edições mudar a metodologia do Fies. O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, afirmou que a partir do segundo semestre o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) "deixa de ser disputa pela ordem, quem chega primeiro leva, quem chega no fim não consegue".

 

Janine Ribeiro disse que o novo modelo do programa será semelhante a outros, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usam critérios de avaliação acadêmica, de localização e condições socioeconômicas para selecionar estudantes.

As mantenedoras das faculdades particulares dizem que se preparam para receber quase 500 mil novos contratos no Fies, e que com os limites colocados pelo governo cerca de 250 mil alunos ficarão sem o auxílio.

 

O ministro vai dar uma entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (5) para falar sobre o balanço final do Fies.

 
 
 

180 Graus