Fiéis são liberados de jejum na Semana Santa; arcebispo diz que as pessoas precisam parar com as fofocas

Fiéis são liberados de jejum na Semana Santa; arcebispo diz que as pessoas precisam parar com as fofocas

A Semana Santa que inicia no domingo de Ramos e encerra no domingo de Páscoa (20) é uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo. De acordo com o arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto a páscoa indica a passagem da morte para a vida e tudo aquilo que represente morte e sofrimento, pois foi crucificado na cruz pelo Senhor. Ele ainda disse o que interessa e o sentido é a mensagem do comportamento das pessoas e de como elas tratam os outros apontando que os fiéis estão liberados do jejum.

 

“Então o grande ensino de Cristo vem reunir os filhos de Deus fracassado e se solidarizar com aqueles que sofrem muito”, afirmou. As pessoas precisam dar um sentido ao sofrimento para superar,mas não é a solidariedade. “É aquela solidariedade que você diz; olha vim sofrer com vocês, mas é um solidário que vem tirarmos do sofrimento, vem nos tirar da dor causado pela maldade pela enganação, pela mentira esse é o grande sentido da páscoa”, afirmou.

 

Segundo Dom Aldo as pessoas devem parar com as fofocas, com as malícias. “Isso é muito mais importante do que a superioridade de um tipo de jejum, tem outro tipo de jejum da fofoca das malícias é esse tipo de jejum de abstinências que interessa”, avisou.


Wagner Mariano / Fernando Braz