FGV fará concurso para 60 vagas de oficial de chancelaria

FGV fará concurso para 60 vagas de oficial de chancelaria

O Ministério das Relações Exteriores escolheu, por dispensa de licitação, a Fundação Getulio Vargas (FGV) para organizar o concurso para 60 vagas de oficial de chancelaria. O candidato deve ter formação superior em qualquer área. O último concurso para oficial de chancelaria foi realizado em 2009. O salário é em torno de R$ 6 mil. O total de inscritos no último concurso foi de 10.893 candidatos.

 

 

A autorização para o concurso foi dada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou no dia 11 de junho.
 
Os aprovados são lotados no Ministério das Relações Exteriores e têm exercício em Brasília ou nos Escritórios de Representação do Ministério das Relações Exteriores no Brasil, por pelo menos dois anos. Podem ainda trabalhar nas repartições do Itamaraty no exterior, como embaixadas, consulados-gerais, entre outros.

 

 

Entre as funções do oficial de chancelaria estão prestar apoio técnico às tarefas de natureza diplomática e consular na Secretaria de Estado das Relações Exteriores, nas Missões Diplomáticas e Repartições Consulares; planejar, supervisionar, orientar, controlar e executar serviços técnicos em atividades peculiares ao Ministério das Relações Exteriores, tais como os relacionados com cerimonial, prática consular, acordos e atos internacionais, difusão e cooperação cultural, cooperação técnica, científica e tecnológica e promoção comercial; coordenar, orientar, revisar e executar trabalhos datilográficos e de processamento de dados, em português e em língua estrangeira, com correção de linguagem e perfeição técnica, inclusive os que envolvam assuntos sigilosos, entre outras.
 
O provimento dos cargos dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e está condicionado à existência de vagas na data da nomeação; e
à declaração do respectivo ordenador de despesa, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

 

O prazo para publicação de edital de abertura para realização de concurso público é de até seis meses contados da data de publicação da portaria, ou seja, vai até 11 de dezembro.

 

 

 

G1