Fetag realiza audiências para o 2º Grito da Terra e das Águas da Paraíba

Fetag realiza audiências para o 2º Grito da Terra e das Águas da Paraíba

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB) realiza, nesta sexta-feira (10), as duas primeiras audiências para negociação dos pontos de pauta do “2º Grito da Terra e das Águas da Paraíba”, que a entidade realiza no dia 23 de julho. O evento marcará as comemorações pelo Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural, que transcorre oficialmente no dia 25 de julho.

A primeira audiência será 9h, na Superintendência do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), quando o superintendente Luiz Gonzaga Firmino Júnior, receberá a Comissão de Negociação encabeçada pelo presidente da Fetag, Liberalino Ferreira de Lucena, e formada por representantes de todas as microrregiões do estado. Às 11h30, a Comissão será recebida pela secretária Cida Ramos, do Desenvolvimento Humano do Estado.

O presidente da Fetag-PB, Liberalino Lucena, explica que a pauta de reivindicações do “2º Grito da Terra e das Águas da Paraíba” será entregue as secretarias e órgãos do Governo do Estado e do Governo Federal antecipadamente, como acontece no Grito da Terra Brasil.

“No dia 23 de julho, faremos um grande evento na sede da Fetag, com cerca de 1.500 mil Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de vários municípios paraibanos. O objetivo é apresentar para a sociedade e cobrar do Poder Público respostas para os principais problemas enfrentados pela população do Campo, na Paraíba”, acrescenta Liberalino.

Resgate – O 1º Grito da Terra Paraíba foi realizado em 2013, ocasião em que se comemorava os 50 anos da Fetag-PB e o Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural no Estado (25 de julho). Mais de 5 mil Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais paraibanos atenderam ao chamado da entidade e foram às ruas da Capital. Uma Comissão foi recebida pelo Governador Ricardo Coutinho e pelo presidente da Assembleia. Cerca de 180 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) se mobilizaram e trouxeram suas caravanas para participar do evento.

 

 

 

Parlamento PB