Felipão dá volta por cima e 'lidera' Brasileiro desde retorno ao Grêmio

Felipão dá volta por cima e 'lidera' Brasileiro desde retorno ao Grêmio

Há exatos 60 dias, Felipão voltava ao Grêmio 18 anos depois de virar ídolo para se embrenhar no carinho da torcida e superar o trauma da eliminação na Copa do Mundo. Menos de três meses do 7 a 1 aplicado pela Alemanha, o efeito soa contrário. É Scolari quem fez o gremista voltar a sorrir. Alçou a equipe da 11ª para a 5ª colocação e, se for levar em conta apenas as 12 rodadas das quais participou, é líder, com campanha idêntica à de Cruzeiro e Atlético-MG no mesmo período.

Felipão sustenta 66,7% de aproveitamento e 24 pontos somados nas últimas 12 rodadas, com sete vitórias, três empates e duas derrotas. Foram dez gols marcados e quatro sofridos. A Raposa só leva vantagem no saldo de gols: tem oito, contra seis dos gaúchos. Ainda assim, as explicações da boa fase gremista não param por aí. São nove jogos de invencibilidade e oito sem sofrer gols, num esquema de três volantes festejado por resgatar a "cara do Grêmio" - um elemento que, na avaliação de torcida e direção, faltou com Enderson Moreira

Felipão, aliás, leva vantagem na comparação com o antecessor. No período em que permaneceu no Grêmio - as mesmas 12 partidas -, o atual comandante do Santos somou 19 pontos, com cinco vitórias, quatro empates e três derrotas. Caiu no tropeço por 3 a 2 diante do Coritiba, na Arena, com 52% de aproveitamento.

Agora, no geral, o Grêmio está colado no G-4. O Tricolor tem 43 pontos na tabela - mesma pontuação de São Paulo e Galo, terceiro e quarto colocados. Uma espécie de "volta por cima" para Scolari após a campanha com a seleção brasileira na Copa do Mundo, marcada pelo 7 a 1 da Alemanha na semifinal. Quase três meses depois, ainda é indagado pelo fracasso em coletivas.

- Eu sei que perdi um campeonato mundial. Eu sei disso. Então, alguma coisa tem que ser dedicada a mim por ter perdido o campeonato mundial. Mas eu continuo fazendo o mesmo trabalho de quando tinha 32 anos. De quando comecei no CSA e depois segui para o Brasil de Pelotas e pelo Juventude. Eu continuo tendo emoção e fazendo o que gosto. Ganhar ou perder vai acontecer nos clubes ou em qualquer situação, mas eu tenho que saber dar a volta por cima. O momento com o Grêmio surgiu e tenho que saber dar sequência. Estou muito satisfeito com o espírito da equipe e das pessoas que trabalham comigo. Nosso trabalho a médio prazo é bom. Vamos ver se alcançamos o objetivo a longo prazo - afirmou o treinador após a vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo, no último domingo, no Maracanã.

tabela gremio sem saldo (Foto: Reprodução)

 

Ainda com os pés no chão, Scolari adota um discurso ambicioso diante do retrospecto recente da equipe. Projeta o mesmo aproveitamento nas partidas seguintes para chegar à 30ª rodada "no bolo" entre os primeiros colocados.

- Estamos brigando por uma situação melhor. Nós chegaremos lá se conseguirmos no mínimo quatro pontos em dois jogos. É isso que temos passado ao grupo. Tanto faz jogar duas em casa ou duas fora. Se tivermos quatro pontos e chegarmos ao 30º jogo bem enroscado, Vamos ver se alcançamos o objetivo com nossa capacidade e com nosso torcedor - pondera.

tabela Grêmio de felipao 12 jogos (Foto: Reprodução)

A meta exigente redobra o foco nos treinamentos ao longo da semana. Assim como aumenta a importância dos auxiliares Flávio Murtosa e Ivo Wortmann, responsáveis por montar o planejamento de trabalho gremista. Desde o início, Felipão e seus assistentes conseguiram dar o famoso "estilo do Grêmio" ao time. A ponto de jogar com três volantes e sem meias de armação e fazer a equipe acumular finalizações sobre os rivais.

- Estou satisfeito com o espírito das pessoas que trabalham comigo, o Murtosa e o Ivo, que atuam no dia a dia e montam um treinamento diferente daquilo que a gente pode imaginar. Eles estão estudando nossos jogadores e a característica para que a gente monte o time em cima disso - ressalta.

O próximo adversário a ameaçar a boa fase do Grêmio é o São Paulo. As duas equipes se enfrentam no sábado, às 16h20, na Arena. Mas antes, o trabalho. A começar nesta terça-feira, quando o Tricolor retoma as atividades em dois turnos.

 

Globoesporte