Falta de atenção foi a causa de 894 acidentes com 29 mortes este ano nas rodovias federais da PB

 Falta de atenção foi a causa de 894 acidentes com 29 mortes este ano nas rodovias federais da PB
A falta de atenção foi à causa de 894 acidentes com 29 mortes este ano nas rodovias federais que cortam o Estado da Paraíba. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que atribui o acidente ocorrido na noite desta segunda-feira (1º )  na BR-101- Norte a falta de atenção do motorista.  A colisão traseira envolvendo um ônibus e um caminhão causou a morte do motorista do ônibus e deixou cerca de 30 passageiros feridos.
 

De acordo com a PRF, as colisões traseiras ocupam a maioria das causas de acidentes nas rodovias federais brasileiras. As três principais causas dos acidentes do tipo colisão traseira são: falta de atenção, cochilo e não manter distância de segurança em relação ao veículo que segue a frente.

Para evitá-los, o motorista deve guiar sem desviar a atenção da estrada. Por isso ele não deve atender ao celular enquanto dirige; não deve trocar um CD ou estação de rádio; não procurar endereço em movimento sem a ajuda de outra pessoa ou não olhar para a pessoa que está do lado enquanto conversa.

 

Ainda segundo a PRF o motorista deve ainda só viajar descansado e mantendo uma distância ao veículo que segue a frente. Eis uma dica que pode ser adotada como meio de manter uma distância mínima segura: escolha um ponto fixo à margem da rodovia e conte devagar “1001...1002”. Se você passar no ponto escolhido antes ou no momento do final da contagem, você estará viajando em uma distância mínima de segurança. Caso você já tenha passado pelo ponto escolhido depois do final da contagem, você estará correndo risco.

 


Paulo Cosme / Assessoria