Falha de Thiago Silva elimina Brasil em jogo com Paraguai

Falha de Thiago Silva elimina Brasil em jogo com Paraguai

O Brasil está fora da Copa América. A seleção foi eliminada pelo Paraguai nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal. A vitória paraguaia veio devido ao erro de Everton Ribeiro e Douglas Costa, que mandaram para fora. Os paraguaios ganharam por 4 a 3.

A eliminação brasileira relembra o trauma há quatro anos quando os paraguaios também derrotaram o Brasil nas penalidades, também nas quartas de final da Copa América. Naquela ocasião, três cobranças da seleção foram para fora.

Na Copa América 2011, o Brasil foi eliminado pelo Paraguai ao perder por 2 a 0 na disputa de pênaltis. Naquela oportunidade, Elano, Thiago Silva, André Santos e Fred erraram as cobranças.

Fases do jogo: O Brasil entrou bem postado em campo. Philippe Coutinho e Robinho realizam os melhores lances da seleção. Foi assim que o jogador do Santos apareceu, tocou para Daniel Alves e invadiu a área para abrir o placar.

A vantagem deu mais tranquilidade para o Brasil, só que a equipe acabou trazendo os paraguaios para cima, não atoa o Paraguai finalizou mais no primeiro tempo. No entanto, os lances mais perigosos vinham mais da insegurança do goleiro Jefferson do que de boas jogadas de Roque Santa Cruz e companhia.

Se não encantou na etapa inicial, o segundo tempo foi de muita apreensão para os torcedores brasileiros. Em 25 minutos, os comandados de Dunga não fizeram uma jogada de perigo, enquanto os paraguaios começavam a rondar, principalmente nas bolas cruzadas. Em uma dessas, Thiago Silva colocou a mão na bola, e Gonzalez empatou o duelo.

O gol paraguaio foi suficiente para deixar o Brasil ainda mais nervoso em campo. Sem Robinho e Willian, a seleção tentou apenas na vontade e sem organização, e o resultado acabou empatado por 1 a 1.

Melhor: Gonzalez – Foi ele que decidiu para o Paraguai, duas vezes. Converteu sua cobrança no tempo normal e também foi quem marcou o pênalti decisivo na disputa.

Pior: Thiago Silva – Mais um pênalti infantil cometido pelo zagueiro, que ganhou a titularidade durante a Copa América. Ele subiu de cabeça com o braço muito aberto e afastou a bola com as mãos, que resultou em um pênalti para o Paraguai.

Destaques.

Fora de casa. Assim como nos outros três jogos da Copa América, a torcida brasileira foi minoria no estádio em Concepción, neste sábado. Maioria, os chilenos não escondiam sua torcida pela seleção do Paraguai

Críticas. Dunga foi muito vaiado pelo público presente. Na escalação e sempre que tinha seu nome anunciado, o técnico era alvo das arquibancadas

Briga. Antes da partida, uma confusão foi registrada do lado de fora devido à torcida organizada do Universidad de Chile.

Olé. O gol de empate da seleção paraguaia fez o Brasil mais uma vez entrar na roda e escutar gritos de olé no estádio.

BRASIL 1 x 1 PARAGUAI

Data: 27/06/2015 (sábado)
Local: Estádio Municipal Ester Roa Rebolledo, em Concepción (Chile)
Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai)
Auxiliares: Mauricio Espinosa e Carlos Pastorino (ambos do Uruguai)
Público: 29.276 torcedores
Cartões amarelos: Daniel Alves e Robinho (Brasil); Bruno Valdez, Martinez e Pablo Aguilar (Paraguai)
Gols: Robinho aos 14 minutos do primeiro tempo (Brasil); Gonzalez aos 26 minutos do segundo tempo (Paraguai)

Brasil
Jefferson; Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luis; Fernandinho, Elias, Willian e Philippe Coutinho; Robinho e Roberto Firmino
Técnico: Dunga

Paraguai
Justo Villar; Valdez, Aguilar, Paulo da Silva e Iván Píris; Aranda, Victor Cáceres, Derlis González e Benítez; Nelson Haedo Valdez e Roque Santa Cruz
Técnico: Ramón Díaz

 

 

 

 

 

Uol