Fain aprova incentivos fiscais para indústrias na Paraíba

Fain aprova incentivos fiscais para indústrias na Paraíba

O Conselho Deliberativo do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Industrial da Paraíba (Fain) aprovou, em reunião realizada nesta sexta-feira (16), a concessão de incentivos fiscais para implantação ou ampliação de 13 indústrias no Estado. Os projetos somam investimentos na ordem de R$ 96 milhões e devem gerar 672 empregos diretos nos municípios de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Cabedelo, Alhandra, Conde, Patos, Itabaiana, Pocinhos e Catolé do Rocha. 

As empresas aprovadas foram: Cooper Foods Indústria de Alimentos, Maia Macedo Impermeabilizantes, Itamilho Ind. e Com. de Alimentos, Mibra Minérios, Frigelar Comércio e Indústria, Ibrtel Indústria e Comércio de Estruturas Metálicas e Telecomunicações, Traçaí Indústria de Alimentos, Sfera Indústria e Comércio, Dream Fitness Indústria e Comércio, Moinho Patoense, Dresch e Dall Corte, Real Indústria de Embalagens e Norpel Indústria de Artefatos de Papel e Fraldas Descartáveis. 

Para permanecer mais próxima dos seus clientes no Nordeste e diminuir os custos de logística, a empresa gaúcha Dream Fitness escolheu a Paraíba para instalar sua fábrica. A unidade produzirá esteiras, bicicletas ergométricas, anilhas, halteres e outros equipamentos de ginástica, devendo gerar cerca de 100 empregos diretos no município do Conde. "Decidimos ir para o Nordeste em virtude das oportunidades de negócios na região. Entre os estados escolhemos a Paraíba por entender que é o estado mais estruturado e propenso a trabalhar com as empresas em um crescimento de longo prazo", afirmou a diretora administrativa e financeira da Dream Fitness, Vanessa Ferrari.

Os incentivos visam garantir mais competitividade às empresas que investem na Paraíba e, apesar do momento difícil vivenciado pela economia brasileira, muitas empresas têm procurado manter os investimentos. "Neste ano o Conselho Deliberativo do Fain aprovou projetos que somam R$ 161 milhões em investimentos e que devem gerar mais de mil empregos diretos em diversas cidades do Estado", destacou Tatiana Domiciano, presidente da Cinep, órgão responsável pela administração do Fain.

Os projetos foram apreciados pelo Conselho Deliberativo do Fain, que é formado pelas seguintes entidades: Secretaria de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Federação das Micro e Pequenas Empresas (Femipe), Secretaria de Estado da Receita, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Secretaria de Estado de Infraestrutura, Ciência, Tecnologia e Recursos Hídricos, Banco do Nordeste, Centro das Indústrias do Estado da Paraíba (Ciep) e Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep).

Fórum de Desenvolvimento Econômico - A reunião marcou ainda o início do Fórum de Desenvolvimento Econômico da Paraíba. A iniciativa tem como objetivo a discussão com diversas entidades de ações que induzam o crescimento do Estado. Na ocasião, o convidado foi o professor Paulo Fernando Filho, do Departamento de Economia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), que tem trabalhado em parceria com a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico na criação de políticas voltadas ao fortalecimento dos Arranjos Produtivos Locais (APL).

"O Fórum vai discutir permanentemente o desenvolvimento regional para que possamos apontar instrumentos e caminhos para contribuir com o Plano Estratégico de Desenvolvimento Paraíba 2040, que traça diretrizes para os próximos 25 anos", observou Laplace Guedes, presidente do Conselho Deliberativo do Fain e secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico.

 

 

 

 

Secom