Ex-vereador é preso acusado receptação e associação criminosa no interior do Estado

Ex-vereador é preso acusado receptação e associação criminosa no interior do Estado

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial (GTE) da 19ª Delegacia Seccional em Sousa, deu cumprimento, na noite desta terça-feira (1), a mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Philippe Guimarães, da 6ª Vara da Comarca de Sousa, em desfavor do ex-vereador Ubiratan de Sousa Mendes, 46 anos, da cidade de São José da Lagoa Tapada, pelo delito de receptação e ainda por associação criminosa.

De acordo com a delegada Patrícia Forny, titular da Seccional, a prisão se deu através do Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e Defesa Social – 197, que se trata de um mecanismo seguro e que tem contribuído de forma positiva com a polícia na elucidação dos crimes, mantendo sempre a fonte preservada em total sigilo.

 “A população com atitude cidadã tem utilizado o Disque Denúncia e ajudado a nossa polícia desvendar os crimes de forma muito mais rápida”, ressaltou Patrícia, citando como exemplo ainda uma operação policial realizada na semana passada, na região de Sousa, onde desarticulou uma quadrilha acusada de vários assaltos a estabelecimentos comerciais o que fez cessar a ocorrência de tal delito na localidade. 

Segundo a delegada Forny, após informações sigilosas, a equipe do GTE, que tem à frente o delegado Carlos Seabra, iniciou um trabalho de investigação e constatou que Ubiratan  Mendes estava em uma residência na cidade de São José da Lagoa Tapada, onde foi montado um cerco e efetuada a prisão.

O suspeito foi levado à delegacia, onde foi ouvido pela autoridade policial Carlos Seabra, e em seguida foi levado à Colônia Penal Agrícola do Sertão, onde ficará a disposição da Justiça.

 

 

Secom-PB