Ex-vereador acusa parlamentares de receber supersalários de até R$ 100 mil

Ex-vereador acusa parlamentares de receber supersalários de até R$ 100 mil

O ex-vereador Olavo de Baleia, do município de Santa Rita, acusou 14 vereadores ligados ao prefeito Reginaldo Pereira de receberem salários que variam de R$ 70 a R$100 mil.

De acordo com Olavo, a verba disponibilizada para a Câmara Municipal é de 500 mil reais. Sendo que, desse montante, 50 mil são divididos para cinco vereadores e os outros 450 mil são rateados entre catorze. O ex-vereador, que também já foi secretário municipal chamou a população para cobrar ações do poder público naquele município e disse que vai fiscalizar as relações financeiras entre a prefeitura de Santa Rita e a Câmara Municipal.

A denúncia sobre os altos salários foi feita pelo ex-parlamentar durante sua participação em um programa de rádio da 100.5 Noticias da FM Líder de Santa Rita aos apresentadores Jacy Mendonça e Aluizio Alves. Olavo de Baleia considera que essa é uma situação absurda e conclama o Ministério Público a tomar as devidas providências neste sentido.

O ex-vereador disse também que vai reunir a sociedade da cidade porque acha tudo isso uma situação absurda. Olavo afirmou que vai reunir as documentações junto ao SAGRES do Tribunal de Contas e procurar a justiça para fazer as denuncias, além de fazer um ato Público de protesto na cidade.

A Câmara Municipal de Santa Rita tem dezenove representantes, dos quais catorze são ligados à situação e cinco são à oposição. Na visão de Olavo, se providências não forem tomadas isso vai sobrecarregar os cofres públicos com os altos salários pagos a vereadores locais.

O ex parlamentar foi vereador em Santa Rita por dois mandatos e deixou a vaga para apoiar a esposa Vanda que foi eleita pelo PTdoB.

 

 

 

 

Click PB