Ex-senador da Paraíba classifica pontos da reforma política como ‘lixo puro’

Ex-senador da Paraíba classifica pontos da reforma política como ‘lixo puro’

O ex-senador Marcondes Gadelha (PSC) criticou duramente a reforma política que vem sendo votada na Câmara Federal nos últimos dias e chegou a classificar alguns pontos que estão sendo discutidos como “lixo puro”, como no caso do “Distritão”.

De acordo com Marcondes Gadelha, o chamado “Distritão” só é usado como regime políticos em dois países do Oriente Médio, um deles do Afeganistão, sua aprovação no Brasil acabaria por iniciar o sepultamento dos partidos políticos.

O ex-senador também criticou a coincidência de eleições alegando que “com isso, um determinado grupo que esteja no Poder pode se beneficiar para evitar ser atingido pela avaliação negativa de sua gestão. Ele citou o caso do PT que segundo ele, prometeu uma coisa e fez outra.

“Se tivéssemos coincidência de mandato, o povo não poderia avaliar o mal que o PT está fazendo e isso não teria reflexo nas próximas eleições como vai ter”, avaliou.

 

 

 


Redação