Ex-presidiário é executado a tiros dentro de bar em Pedras de Fogo

Ex-presidiário é executado a tiros dentro de bar em Pedras de Fogo
A polícia trabalha com a hipótese de ‘acerto de contas’ relacionado com o tráfico de drogas para explicar o assassinato de do ex-presidiário  Carlos Adriano da Silva,  26 anos, mais conhecido por “Xuíte”.

De acordo com a polícia, por volta da meia noite desta quarta-feira (6) o apenado estava dentro de um bar na cidade de Pedras de Fogo quando foi surpreendido por desconhecidos que já chegaram atirando.

O ex-presidiário foi atingido com vários disparos e morreu dentro do estabelecimento comercial, enquanto que os acusados fugiram.

Apesar do grande número de pessoas dentro do bar e que presenciaram o crime, ninguém quis falar o fato.

 


Paulo Cosme\David Martins