Ex-presidentes: FHC ensaia aproximação com Lula

Ex-presidentes: FHC ensaia aproximação com Lula

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a ensaiar uma aproximação com o ex-presidente Lula nesta terça-feira (5). Questionado por jornalista se convidaria o ex-presidente petista a assistir a um jogo do Corinthians, FHC respondeu que sim. "Ué, sou corinthiano. Convidaria", afirmou o jornal Valor Econômico.

O tucano disse não considerar Lula um inimigo político. "Acho que é um concorrente. Espero que ele veja a coisa assim e não fique com essa ideia de 'nós' e 'eles'", afirmou, em seminário sobre construção sustentável na capital paulista.

FHC classificou como inaceitável a possibilidade de participação do Congresso Nacional no vazamento de perguntas na CPI da Petrobras e disse que Lula teve sorte por pegar um bom momento econômico, ao contrário da presidente Dilma Rousseff. A declaração foi uma resposta a integrantes do programa humorístico CQC, que perguntaram qual dos dois petistas o tucano considerava melhor presidente, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo.

Nas últimas semanas, os dois ex-presidentes da República trocaram farpas publicamente. FHC escreveu o artigo O Brasil se cansou de ataques infundados, publicado no site O Observatório Político, em que afirma que "para se defender, Lula ataca. Jamais se explica, sempre acusa", em referência à acusação de compra de votos da reeleição no Congresso, em 1996.

No texto, ele propõe que os dois se juntem para corrigir as deficiências da política brasileira, em vez de jogarem pedras uns nos outros. Em resposta, Lula ironizou: "Eu não leio Fernando Henrique Cardoso".

 

 

Brasil Post