Ex-presidente Lula participa de reunião na sede do PT em São Paulo

Ex-presidente Lula participa de reunião na sede do PT em São Paulo

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva participa, nesta terça-feira (19), de uma reunião no Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), em São Paulo. Além de Lula, o presidente do PT, Rui Falcão, também participa do encontro. O ex-presidente chegou ao local por volta das 10h55.

Na segunda-feira (18), o presidente estadual do PT, Emídio de Souza, disse que a reunião desta terça-feira deverá definir os próximos passos do partido.

Luta
Na segunda-feira (18), o presidente do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores em São Paulo, Emídio de Souza, disse que a orientação do presidente do partido, Rui Falcão, é para que o PT lute pelo mandato da presidente Dilma Rousseff até a última instância, até o último momento em que isso for possível. Ele participou da reunião da Executiva Nacional do PT, na sede nacional do partido.

Emídio descartou a ideia de antecipar a votação no Senado. “Não tem porque. A democracia exige direito de defesa. Ela tem ritos, tem prazos. Nós vamos querer exercer na plenitude. O que está se propondo é grave demais, não tem prova de nada para querer antecipar e fazer um processo atropelado. Nós vamos trabalhar dentro dos prazos que a gente conseguir”, afirmou.

Questionado sobre a proposta de realização de eleições gerais e redução do mandato, Emídio disse que não existe essa possibilidade antes de esgotar todas.

“Essa pauta de eleições não está sequer considerada neste momento. Vamos exercer até o último momento nosso direito de recurso.”

Sobre a indicação para a relatoria do processo de impeachment no Senado, Emídio afirmou que o PT não tem o controle. “Quem vai indicar as comissões do Senado é o próprio Senado. Nós vamos exercer, dentro do que o regimento do Senado permite, e dentro do que a Constituição exige, nosso direito de defesa, já que a acusação contra ela é totalmente descabida de prova.”

 

 

 

 

G1