Ex-prefeito de Duas Estradas vai recorrer de condenação e acusa adversário de esconder documentos para incriminá-lo

Ex-prefeito de Duas Estradas vai recorrer de condenação e acusa adversário de esconder documentos para incriminá-lo

O ex-prefeito de Duas Estradas, Hélio Freire dos Santos, disse que vai recorrer da decisão da Justiça Federal que o condenou a seis anos de reclusão por delitos previstos na Lei de Licitações. De acordo com a denúncia do MPF e acatada pela Justiça, em 2004, Hélio forjou um processo de licitação para construir 42 banheiros na zona urbana do município.

Hélio Freire garante que a denúncia é vazia e responsabilizou diretamente o também ex-prefeito, Roberto Carlos Nunes, de esconder documentos para prejudicá-lo. Munido de vasta documentação, Hélio garante que tem ‘munição’ suficiente para provar sua inocência. “Não devo nada a ninguém e nunca me apropriei de dinheiro público”, se defende.

Hélio Freire dos Santos garante que nunca comenteu um único deslize durante toda sua gestão à frente da Prefeitura de Duas Estradas. “O povo ainda hoje fala de minhas qualidades como prefeito e se mostrou solidário diante de uma denúncia vazia feita por um inimigo político”.
Assista a entrevista de Hélio Freire dos Santos:

 

 

 

 

Click PB