Ex-goleiro do Treze é preso por fraudes em jogos de futebol

Ex-goleiro do Treze é preso por fraudes em jogos de futebol

A Polícia Civil de São Paulo prendeu sete pessoas nesta quarta-feira (6), em operação contra manipulação de resultados de jogos de futebol. Entre os detidos está Carlos Luna, ex-goleiro do Treze. O arqueiro defendeu o Alvinegro nas disputas da Série C do Campeonato Brasileiro 2012. Atualmente, defende o América-SP.

A prisão faz parte da operação da Polícia Civil que investiga fraudes em resultados de jogos de futebol em São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará. A operação, denominada Game Over (fim de jogo), cumpre 10 mandados de prisão temporária e dois mandados de busca e apreensão na Capital paulista, Bauru, São José do Rio Preto, Sorocaba, Ceará e Rio de Janeiro. Até o momento sete pessoas foram presas.

“Não sei nem o que estão fazendo. Agora, tem que ver as pessoas que têm ‘rabo’ preso’, que são culpados. Nunca ganhei nem R$ 1, sou honesto, não tenho nada a ver com isso. Tem que ver os grandes. Passei pelo América de Rio Preto, fui goleiro. Sempre fiz as coisas e ajudei as pessoas, estou sendo preso porque liguei para as pessoas, empreguei jogadores e tenho acesso bom com todos. Nunca manipulei nada”, afirmou Carlos Luna.

Segundo as investigações da Operação Game Over, um esquema combinava resultados de partidas das séries A2 e A3 do Paulista (equivalentes à segunda e terceira divisões) e principais campeonatos do Norte e Nordeste. Eles compravam treinadores e atletas para manipular os resultados.

 

 

 

 

 

MaisPB com informações da TV TEM Rio Preto