Ex-candidata, Nadja confessa ter ficado chocada com aliança PT e PSB

Ex-candidata, Nadja confessa ter ficado chocada com aliança PT e PSB

A ex-deputada estadual e ex-candidata a governadora pelo PT, a advogada Nadja Palitot (PT) anunciou o seu engajamento na campanha do senador Cássio Cunha Lima, candidato ao governo da Paraíba pelo PSDB, durante coletiva na manhã desta terça-feira (19) na sede da Associação Paraibana de Imprensa (API).

Indagada sobre o que lhe levou a anunciar apoio ao tucano, Nadja disse que tomou essa posição por não concordar com o apoio do seu partido ao governador Ricardo Coutinho (PSB). “Tomei um choque quando soube da aliança, não fui consultada, por isso não aceitei compor com esse governo que não dialoga e se atritou com as categorias”, comentou.

Apesar da declaração, Nadja afirmou que o apoio a Cássio não significa que esteja rompendo com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT). Ela deixou claro que continua aliada ao prefeito e que votará no seu irmão, Lucélio Cartaxo (PT) para senador.

Nadja acumula divergências políticas com o governador Ricardo Coutinho desde quando deixou o PSB, partido que ajudou a fundar na Paraíba, alegando isolamento partidário depois que costurou a entrada do então candidato a prefeito de João Pessoa na legenda.

Alexandre Freire - MaisPB