Estudantes queimam pneus e interditam Paço Municipal em JP; 'Só saímos quando baixar a passagem'

Estudantes queimam pneus e interditam Paço Municipal em JP; 'Só saímos quando baixar a passagem'

A rua em frente à Praça Pedro Américo está interditada devido a um protesto de estudantes secundaristas e universitários. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), afirmou que se reuniria com os representantes assim que a ocupação da rua acabasse, mas os estudantes afirmaram que não saem enquanto a passagem não baixar.

Gritando palavras de ordem, os estudantes afirmaram que a ocupação começou desde a manhã e que no final da tarde a via foi fechada com pneus e pedaços de madeira em chamas enquanto alguns líderes aguardam pela reunião com o prefeito. 

passe livre para todo estudante. fechando a rua pq se não fehca ninguém escuta. se der prejuizo a galera escuta. representantes de estudantes de todos os colegios da grande jp. tem dever de casa, tem prova. comeamos o projtesto o dia todo, esde de manhã. não vamos sair

De acordo com o presidente do grêmio do Lyceu Paraibano, o objetivo do protesto é o aumento da tarifa de João Pessoa. "Não dá é a população pagar R$ 2,35 nesse transporte de João Pessoa", reclama. Ele afirmou também que a maioria dos estudantes precisou se retirar devido a trabalhos escolares, mas que os líderes continuam protestando. 

"Se o prefeito nos receber, a gente libera o Paço Municipal", garante. Quando foi questionado a respeito do pedido do prefeito que pediu para haver a desocupação para então haver a reunião, o estudante justificou: "Da última vez que desocupamos, não houve negociação".

O estudante afirmou que há pelo menos 1h45 uma comissão tirada para conversar com o prefeito aguarda a reunião. 

"O próximo passo é esperar a posição do prefeito e depois se a passagem não baixar vamos todo dia para a rua. O objetivo de hoje é o aumento abusivo", reclama.

 


Marília Domingues / Jota Ferreira