Estudantes de Direito da UFPB conquistam 2º lugar em competição realizada nos EUA

Estudantes de Direito da UFPB conquistam 2º lugar em competição realizada nos EUA

Estudantes de Direito da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) foram finalistas de uma competição internacional realizada em Washington D.C., Estados Unidos, na semana passada. Sob a orientação do professor Robson Antão de Medeiros e do graduando Victor Machado, os estudantes Daniel de Macedo Soares e Marcela Ribeiro D’Ávila Torres conquistaram o segundo lugar no 19º Inter-American Human Rights Moot Court Competition (IAMOOT).

A Competição de Julgamento Simulado do Sistema Interamericano de Direitos Humanos contou com a participação de delegações de vários países do continente americano. Ao todo, cem projetos foram inscritos e o Brasil enviou 19 equipes para a competição. Nesta edição do concurso, foi julgado o caso hipotético de uma pessoa com deficiência física que alegava ter tido uma série de direitos negados pelo Estado. Cinquenta equipes ficaram responsáveis por defender a vítima, enquanto a outra parcela dos competidores argumentou em favor do Estado. 

Conforme estabelecido por um sorteio, a Universidade Federal da Paraíba defendeu os interesses do Estado no julgamento simulado. De acordo com a diretora do Centro de Ciências Jurídicas da UFPB, Maria Luiza Alencar Xavier, onze alunos apresentaram propostas para participar do evento. Uma comissão formada por membros da instituição analisou as defesas e escolheu o trabalho de Daniel de Macedo e Marcela Ribeiro como representante do estado. 

Com a classificação para a final da IAMOOT, o time UFPB foi o segundo grupo nacional a chegar à última etapa do concurso. Na decisão do julgamento simulado, eles enfrentaram a equipe de Barbados, país localizado na América Central. Os estudantes paraibanos foram premiados com um estágio na Corte Interamericana de Direitos Humanos, que é sediada na Costa Rica, além de terem recebido 1.100 dólares. 

No ano passado, a UFPB já havia alcançado um resultado histórico na disputa, sendo a primeira universidade da região Nordeste a chegar às semifinais da competição. Na ocasião, a delegação paraibana terminou o concurso em 5º lugar. A instituição teve como competidor o estudante Victor Machado, que na edição 2014 participou como treinador.