‘Estou confusa’, diz mãe da estudante Rebeca ao falar sobre a participação do companheiro no crime

‘Estou confusa’, diz mãe da estudante Rebeca ao falar sobre a participação do companheiro no crime
A doméstica Tereza Cristina, mãe da estudante Rebeca Cristina, encontrada morta no dia 11 de julho de 2011 na praia de Jacarapé com suspeita ter sofrido violência sexual, disse que ainda está confusa sobre a participação do seu companheiro, o cabo da Polícia Militar Edvaldo Soares da Silva crime.

Tereza Cristina revelou, em entrevista ao vivo neste sábado (18) no Programa Rota da Notícia, da TV Arapuan, que não aguenta mais tanto suspense sobre o caso e que o seu maior desejo agora e ver o crime esclarecido, “ para que eu possa realmente ter paz, mesmo não tendo a minha filha de volta”, completou.

A mulher disse ainda que desde o momento em que o seu companheiro passou a figurar com um dos acusados pelo assassinato da sua filha, a sua situação se complicou ainda mais. “ Tenho sofrido hostilizações por parte das pessoas e por isso pedi a ele (o companheiro) para que saísse de casa e ele concordou ligando para o coronel Lívio dizendo que iria ficar alojado no quartel até que o caso seja devidamente esclarecido.

 

 


Paulo Cosme\David Martins