Estiagem afeta produção de batata doce na Paraíba, dizem agricultores

Estiagem afeta produção de batata doce na Paraíba, dizem agricultores

A batata doce é considerada o ouro do Sertão. Mas a estiagem tem reduzido a produção da leguminosa no município de Conceição, no sertão da Paraíba, a 500 km de João Pessoa, considerado o maior produtor de batata doce no estado. O produto é uma  fonte importante de renda na cidade e mais de cem famílias vivem diretamente dessa cultura.

Em 2013, a produção de batata na cidade bateu o recorda da safra com mais de mil toneladas. As condições climáticas da região são favoráveis para o consumo da leguminosa. O agricultor Ademan Arruda, o solo de Conceição é argilo-arenoso, que é apropriado para o plantio da batata doce.

A batata doce plantada o ano inteiro é sustentada por um sistema de irrigação e o plantio ocorre em três safras durante o ano. No entanto, devido à estiagem e a à falta d'água, os agricultores vão encerrar a produção de 2014 com a conclusão da segunda safra. Com um prejuízo de aproximadamente 30%, segundo agricultor Ademan Arruda, a previsão é de que se não chover na região a produção deve ficar parada por até quatro meses.

O secretário de Agricultura de Conceição, Jundívio Lacerda, afirmou que a batata atualmente é um produto consumido em vários lugares devido à sua importante alimentar. “A batata é um produto de valor energético e nutricional de alta qualidade. Inclusive, os nutricionistas recomendam o consumo por conta de sua importância”, disse.

A batata doce é plantada em espaços que os agricultores chamam de 'muros'. Em média de 40 a 50 sacos de batata são retirados a cada mil muros. Após a colheita, os passos seguintes são os de retirar as raízes, lavagem e secagem das batatas. Após todo esse processo, o produto está pronto para o consumo. Conceição abastece outros municípios paraibanos e também os estados de Pernambuco e da Bahia.

 

 

Portal Correio