Estela explica aumento de impostos aprovado pela AL: 'medidas são severas, mas necessárias'

Estela explica aumento de impostos aprovado pela AL: 'medidas são severas, mas necessárias'

A deputada estadual, Estela Bezerra (PSB), justificou o aumento de impostos aprovado na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (10) e destacou: “são medidas severas e antipáticas, mas necessárias para manter grande parte da população com condições de consumir”, afirmou.

A deputada lembrou que na sessão desta quinta, houve a votação do reajuste fiscal e do Refis e que foi autorizado o empréstimo junto ao Banco do Brasil para a Paraíba continuar a construir casas populares. “O cenário que estamos é preciso firmeza e o governador propôs um reajuste com relação a acordo no Nordeste feito por vários outros estados”, afirmou lembrando que o percentual de IPVA na Paraíba era de 2% enquanto em outros locais chega até 4% “Tínhamos a menor incidência e aumentamos para 2,5%”.

Outro aumento foi na alíquota da gasolina, tanto álcool quanto gasolina tinham alíquota de 25%, agora gasolina passa a 27% e álcool a 23%. Esse percentual vai representar um aumento de R$0,06 no litro da gasolina. “Temos uma legislação que indica que reajuste do salário mínimo vai ser de 10%, imagina o impacto na folha do Estado? A Paraíba está entre os únicos 10 estados pagando o servidor em dia”, justificou.

“São tempos difíceis, se perder o equilíbrio econômico, irresponsabilidade que tem por segmento da política que tenta botar água no moinho que pode nos levar ao que ninguém deseja que tem gente que pede a volta da ditadura sem saber o que representa”, reclamou acrescentando que a bancada de sustentação votou com muita tranqüilidade e que as medidas são “serevas e antipáticas, mas necessárias, inclusive para manter grande parte da população com condições de consumir, com dificuldade, mas consumir”, completou. 

 

 

 


Marília Domingues