Engenheiro pode disputar prefeitura de Conceição

Engenheiro pode disputar prefeitura de Conceição

O engenheiro civil Francisco Teodorico Furtado (Landinho) concedeu entrevista ao portal Vale do Piancó Notícias, neste final de semana, na qual falou sobre política, crise econômica e a administração municipal de Conceição. Ele também não descartou a possibilidade de disputar a prefeitura da cidade nas eleições municipais de 2016.

“Estarei efetivamente a partir de janeiro de 2016 a discutir as melhores e possíveis ideias sobre o futuro da nossa cidade”, ressalta.

Landinho tem larga experiência na política estudantil paraibana, sendo presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

VPN: Balanço 2015?

Landinho: Sobre 2015, carimbo com ano turbulento, em meios a crise política com desfecho econômico. No campo da educação nós pouco avançamos, universidades com redução de orçamentos, Ifte com obras paradas e os que estão funcionando têm baixa qualidade profissional. Na economia só decréscimo e alto patamar de burocracias. Na saúde nos arrastávamos e neste fim de ano fechou o gargalo com esta lamentável situação da microcefalia.

VPN: Diante de todas as dificuldades do país, nas quais você elencou, como um município pequeno, exemplo conceição, deve fazer para se manter instável?

Landinho: Administração com honestidade, seriedade, dedicação e interesse. São pontos básicos a enfrentar as dificuldades. Segundo que deve se ter planejamento. Um debate com elevado índice democrático, transparência e, acima de tudo, respeito e zelo ao bem público. Os recursos não deixaram de vim, apenas ficaram lentos em seus desembolsos. Na verdade, tivemos uma lacuna entre março e outubro, que andou em marcha lenta, sendo que a partir de outubro começaram a ser liberados todos os recursos aprovados em vários campos. Com relação à busca e aprovação de projetos, em todas as áreas, não foram fechado portas em nenhum instante. Com isso, um gestor organizado, com boas mãos em suas secretárias, que seja atencioso ao povo e que aloje uma forte equipe técnica, pouco se abateu, com a chamada crise. Reforço que estou prestando consultorias técnicas de engenharia, em alguns municípios menores do que conceição, que estão dando aula de avanço e prosperidade.

VPN: Em Conceição houve um debate permanente sobre a “Praça da Glória”. Fazer? Não Fazer? A sua locação está correta? Ou não? Enfim qual sua visão como engenheiro sobre isso?

Landinho: Gilberto, os serviços que veem, através da ética, a melhorar o funcionamento do município, indiscutivelmente devem ser feitos. Então a “Praça da Glória” realmente precisava ser feita. Agora onde? Isso sim, mostra o despreparo da gestão que levou a tal polemica. Houve até frases como: “até na hora de acertar, erra..” A presidência da república com a Lei no 12.587 designa as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Mobilidade é hoje uma preocupação e causa de dores de cabeça em grandes cidades. Por isso deve ser levado a sério pelos gestores municipais que devem preparar os alicerces de uma edificação do futuro. Os municípios precisam avantajar-se aos problemas e evadir as correções, que são bastante onerosas. Portanto, devo repetir que a “Praça da Glória” não deveria ter sido construída sobre um espaço de forte cunho cultural, com uma histórica e larga rua eixo de movimentações e boa mobilidade, ainda mais, que nas cercanias existem inúmeros espaços que poderiam abrigar a construção, atender a necessidade e até inibir problemáticas neles enfrentas na atualidade.

VPN: Conceição de hoje?

Landinho: Precisa sair desta gangorra, onde A é melhor do que B, e levar o projeto de Conceição em primeiro lugar. Continuo a defender que montar uma arma de guerra, para vencer e chegar ao poder, é o caminho da atrocidade. Estou muito receoso que estas astúcias dos bastidores político, venham ser carro-chefe para o próximo pleito. Por isso o povo deve agir condenar tais ações e escolher uma proposta plural, com referências e que não abasteça o próprio umbigo. Conceição hoje está cansada e triste. Não possui obras estruturantes, a não ser projetos inacabados, oriundos ainda de outras gestões.

VPN: Sobre Conceição: posição política e perspectivas a 2016?

Landinho: Minha posição é da inovação clara, não de fachada ou chamado títere! Não estarei disponível com aquilo que vem atrasar, ainda mais Conceição. Também não me reportarei à indução, como forma hipnotizante, para construir uma proposta fajuta. Estarei efetivamente a partir de janeiro/2016 a discutir as melhores e possíveis ideias sobre o futuro da nossa cidade. Sabemos que até abril, ainda enruga os rumos de lideres a partidos, mas acredito que o que prevalece são as intenções dos políticos e a vontade do povo.

VPN: Mensagem e felicitações de fim de ano?

Landinho: Agradeço a você Gilberto Ângelo, pela ideia derivada em ação e obstinação do trabalho. Meus parabéns e em nome de muitos que são assíduos leitores do portal Vale do Piancó Notícias, muitos agradecem pela oportunidade nos dada, á estarmos antenados aos acontecimentos de nossa cidade e vizinhanças. Aos meus familiares e amigos, desejo que Deus esteja presente em cada coração. Que os filhos sejam abençoados e que a saúde preencher o lar. Os ventos divinos deixem muita alegria, amor e paz. Obrigado.

 

 

MaisPB com Vale do Piancó Notícias