Enfermeira reage a assalto e é assassinada em Campina Grande

Enfermeira reage a assalto e é assassinada em Campina Grande

A enfermeira Aucilene de Almeida Lucena, de 35 anos, foi assassinada, na manhã deste sábado (18), com tiros na cabeça e no abdome em uma tentativa de assalto, no bairro dede Bodocongó, em Campina Grande (PB).

Segundo a polícia, a enfermeira, seguia de moto para o trabalho, por volta das 07h00, quando foi abordada por dois homens armados, que também estavam em uma motocicleta. A polícia acredita que ela teria reagido ao assalto.

A vítima ainda foi socorrida por uma viatura do Samu para o Hospital de Trauma da cidade, mas não registou aos ferimentos e morreu.

Ela era casada e deixa um filho pequeno.

 

 

 

MaisPB