Empresa chinesa apresenta drone para transporte de pessoas

Empresa chinesa apresenta drone para transporte de pessoas

Agora sim fomos surpreendidos com um dos lançamentos da CES 2016! A empresa chinesa EHang mostrou o que poderá se tornar o primeiro drone para transportar pessoas do mundo. Assim como os drones comuns, o modelo da empresa possui oito hélices e é totalmente elétrico. E para quem desde já está na espera, a empresa informa que o drone estará disponível para venda ainda em 2016!

Com todos esses motores e mesmo carregando um adulto, o drone é capaz de atingir até 100km/h.

O fundador da EHang, George Yan, parece bastante confiante no produto.

“Sabe como é se sentar em uma Ferrari? Isso aqui é dez vezes melhor”, comentou em entrevista ao Daily Mail

Por enquanto, o nome do veículo é Ehang 184, mas é possível que a designação mude.

Segundo Yan, o veículo é totalmente autônomo: basta entrar, selecionar o destino por um aplicativo de smartphone e esperar ele chegar no destino.

Também é possível controlar o voo enquanto se está dentro dele, segundo os chineses.

Mas Yan afirma que tudo foi planejado para que o próprio software do drone calcule a melhor rota possível, desviando de aviões e outros obstáculos.

“Acho que em todos nós temos aquele sonho de garoto que envolve voar e poucos de nós têm paciência para cursos caros de voo. Por isso estamos fazendo isso acontecer agora”, completou Yan.

Os sistemas internos do drone possuem um “sofisticado sistema de backup”, segundo a Ehang. Se um dos softwares apresentar qualquer problema, outro assume no lugar para garantir a estabilidade.

No caso de emergência completa, é possível tanto parar o drone no ar e deixar ele nessa posição, ou simplesmente mandar que ele desça.

Apenas um passageiro poderá ser levada em cada viagem.

Para ser guardado mais facilmente, as pás do drone poderão ser levantadas.

O veículo foi projetado para fazer viagens de média distância, com até 16km e no software dele é possível calcular facilmente sua rota.

A EHang afirma que o veículo tem potencial para tornar nossa vida muito mais simples, principalmente em cidades muito populosas e com trânsito pesado.

“O 184 é uma peça futurista e tem potencial para mudar diversas indústrias, até as viagens espaciais”, comenta Yang.

O drone está em desenvolvimento há dois anos e meio e no momento está passando por testes de segurança. A EHang não recomenda voos com condições climáticas extremas.

Yang conta que veículos autônomos são o futuro, desde carros a drones e são ideais para viagens mais curtas.

A ideia da empresa é empregar seus próprios funcionários responsáveis pela segurança com autoridades de tráfego aéreo para impedir acidentes.

“Nossos funcionários trabalharão 24/7 para garantir a total segurança do veículo. Teremos 300 pessoas fazendo isso na China quando o 184 for lançado e o mesmo número deve ser alcançado nos EUA”, completa.

 

 

 

R7