Emater disponibiliza bibliotecas rurais para agricultores familiares

Emater disponibiliza bibliotecas rurais para agricultores familiares

A entrega da primeira biblioteca rural denominada Cantinho do Saber marcou a 17ª Jornada de Inclusão Produtiva da Região Administrativa da Emater Paraíba de João Pessoa no município de Cuité de Mamanguape. O projeto tem o objetivo de contribuir para a formação do hábito de leitura entre as famílias agricultoras, principalmente os jovens rurais. A biblioteca foi entregue ao agricultor Isaías José do Nascimento, da Comunidade Arroz.

Uma campanha de doação de livros está sendo realizada pela Coordenadoria Regional de João Pessoa, que tem à frente a extensionista Keila Deininger. Entre os livos doados às bibliotecas, que deverão chegar a todos os municípios paraibanos, destacam-se os de literatura infantil, didáticos e técnicas agrícolas, além de revistas e material informativo. O lançamento oficial do Projeto Bibliotecas Rurais ocorrerá no encerramento das Jornadas de Inclusão Produtivas que o Governo do Estado realiza no dia 11 de junho, em João Pessoa.

A abertura do evento foi conduzida pelo vice-prefeito Helio de Souza, que ressaltou o trabalho da gerente da Unidade Operativa da Emater local, Manuella Bezerra, em favor do desenvolvimento do setor agropecuário da região. “Desde que chegou ao nosso município, Manuella tem buscado parceria perante os órgãos públicos no sentido de organizar e melhorar o desenvolvimento sustentável, com programas e políticas públicas”, disse.

O extensionista Ricardo Pereira, assessor em agroecologia da região administrativa da Emater em Itabaiana, proferiu palestra sobre práticas agroecológicas e atividades rentáveis da agricultura familiar como avicultura, suinocultura e ovinocultura no município. Também proferiram palestras sobre associativismo e turismo rural as extensionistas Zilda Abrantes, Gláucia Gusmão e Mônica Eleuthério. Houve ainda a palestra da gerente da Unidade do INSS da Região do Vale do Mamanguape/Agência Rio Tinto, Clenia Nascimento Oliveira de Alencar, que tirou dúvidas quanto aos benefícios oferecidos pelo órgão.

Atendendo orientação do Governo do Estado, as Jornadas de Inclusão Produtivas, que estão ocorrendo em todo o Estado, servem como espaço para divulgação da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa, que se encerra no próximo dia 30. Foi o que aconteceu em Cuité de Mamanguape, quando o médico veterinário Manuelito Borges fez uma explanação sobre vacinação orientada em caráter pedagógico e os benefícios trazidos para os criadores e, consequentemente, para a economia do Estado. O presidente da Emater Paraíba, Geovanni Medeiros, disse que, a exemplo de outras campanhas, a empresa disponibilizou 300 técnicos para ajudar na vacinação contra a febre aftosa.