Em visita a Piancó e à zona rural de Itaporanga, Sousa Neto defende propostas para educação

Em visita a Piancó e à zona rural de Itaporanga, Sousa Neto defende propostas para educação

O jornalista e candidato a deputado estadual pelo PRB, Sousa Neto, visitou várias comunidades rurais de Itaporanga nesse domingo, 8, e também esteve na cidade de Piancó nessa segunda-feira, 9, e conversou com trabalhadores rurais e também moradores da cidade, onde, durante muito tempo, atuou nas duas emissoras de rádio locais (Cidade FM e comunitária Nativa).

Em seu contato com a população, Sousa Neto defendeu algumas propostas de ação parlamentar para a educação. Segundo ele, o ensino superior presencial e o profissionalizante são essenciais para o Vale e defendeu a instalação de um campus da UEPB e da escola técnica estadual na região, que ainda não dispõe de universidade nem de ensino técnico, o que considerou lamentável.

Ele também defendeu a ampliação das escolas estaduais em tempo integral no Vale e a reformulação do Plano de Cargo, Carreira e Salário dos professores, permitindo uma ascensão funcional mais justa e melhoria salarial para o magistério. “É essencial também implantar o Plano de Cargo, Carreira e Salário para algumas categorias da educação que ainda não têm, a exemplo dos servidores do corpo técnicos e auxiliares das escolas que são tão importantes para que o professor desenvolva seu trabalho”, comentou o candidato.

Sousa Neto também propôs a realização de novos concursos públicos para a educação e avanços na política salarial do magistério e demais categorias do setor educacional. Ele defendeu aumento salarial para os professores bem acima do percentual do piso nacional como meio de vencer a histórica defasagem salarial do magistério estadual.

O candidato também disse que pretende lutar pela reabertura de escolas que foram fechadas em alguns povoados e comunidades rurais do Vale, distanciando o ensino de centenas de jovens e crianças rurais da região. “Além dessas ações prioritárias, tenho ideais com relação a projetos de lei que podem melhorar expressivamente a educação do Vale e de todo o estado e também valorizar o professor, dando-lhe melhores condições salariais, de trabalho e de carreira”, comentou Sousa Neto

 

Folha do Vale