Em Piancó, escola pública estadual realiza “Mostra Artística Cultural de Arte Moderna”

Em Piancó, escola pública estadual realiza “Mostra Artística Cultural de Arte Moderna”

Dia 26 de agosto de 2016 foi apresentada na Escola Estadual Beatriz Loureiro Lopes, a culminância do projeto da disciplina de arte projeto modernismo: Ampliando os conhecimentos e mudando conceitos através da arte.

Uma experimentação dos alunos juntos a aqueles artistas que em 1922 através da semana de arte moderna estavam lutando pelo direito à pesquisa estética, pela liberdade expressão na arte e na literatura (Contra todas as fórmulas) e pela contribuição milionária de todos os erros, o feio tanto na literatura como na arte.

Foi uma noite de apresentações voltada para a literatura e arte moderna o projeto contou com 97 alunos entre as séries do 1° ao 3º ano do ensino médio.

O projeto sobre a arte moderna foi uma ideia da professora de arte Maria do Socorro pereira (Pê) e recebeu o apoio da diretora escolar Ana Cristina Palitot Remígio Alves. Foi trabalhado em sala de aula dando oportunidade de criação no intuito de incentivá-los a estarem mais ligados as suas potencialidades no âmbito geral.

OBJETIVOS: Desenvolver o projeto em consonância com o Plano de Intervenção Pedagógica elaborado pela escola para o ano de 2016, bem como com os avanços científicos, tecnológicos e culturais da sociedade contemporânea, para atender os interesses e as necessidades dos estudantes, sugerido como ponto de partida temas  e estudos de texto sobre a Semana de Arte Moderna, artistas modernistas  e movimentos que estão no site Educação, analisando sempre as dificuldade dos alunos principalmente na Língua Portuguesa visto nas informação de índice baixo em relação ao rendimento de  aprendizagem (Avanços alcançados e dificuldades enfrentadas pelos estudantes), mensurados por meio do IDEBPB  e  IDEB.

Visando Contemplar ações e atividades para possibilitar a melhoria no rendimento dos estudantes  como  práticas inovadoras para auxiliar, estimular e apoiar os estudantes infrequentes e com dificuldade de aprendizagem a atingir o sucesso nas avaliações que se submeteram ao longo do ano letivo, buscando a integração com as famílias, serviços públicos, professores de outros componentes curriculares e demais profissionais da educação visando ao bom desenvolvimento do projeto e nas aulas.

No evento foi apresentada de início a banda da escola cantando o hino nacional.

Em seguida uma peça teatral com os principais personagens da semana 22 baseada nas cenas da mini- série um só coração foi uma minissérie televisiva produzida e exibida pela rede globo entre 6 de janeiro e 8 de abril de 2004, em 54 capítulos, escrita por Maria Adelaide Amaral,desenvolvidas sob o ponto de vista cultural, procurando mostrar como os movimentos artísticos tiveram papel decisivo no desenvolvimento da cidade.

 A peça retrata a vida de Anita Malfatti (Valeska- 1º b), Oswald de Andrade (Lucas Almeida1º a), Mário de Andrade (Caegue- 1º c), Menotti del Picchia (Ryan), Ronaldo de Carvalho (Jeferson-1º b), Paulo Prado(Anderson Rocha- 1º c),), Villa Lobos(Ygor- 1º c),) monteiro lobato(Lucas Ribeiro1º b),Graça Aranha(valdey1º a), Di Cavalcante (Demetrio1º a), (Francesa- Laysa 1º B),(Olivia Penteado- Jaysa 1º B), (Garson- Paulo Henrique 1º B)que difundiam o ideal modernista. A peça mostra, Oswald e Mário de Andrade planejam a semana de arte moderna, que escandalizou a sociedade paulista da época.

Entre os ferrenhos críticos àqueles artistas, estava monteiro lobato. a semana de arte moderna, no teatro municipal de são Paulo, foi alvo de aplausos, mas também de vaias e muita polêmica. Toda essa repercussão é retratada pela minissérie, que ainda revela aspectos da vida pessoal dos artistas envolvidos no movimento.

Ainda houve o momento musical com a aluna Martha encantando a todos com a sua voz  e a aluna Sâmua do 1º A representando Tarsila do Amaral lendo sua biografia.

Também um desfile artístico com roupas inspiradas nas artes plásticas e literatura: moda/arte onde a moda e artes plásticas mutuamente misturando-se e mostrando exemplos de roupas com estampas de grandes artistas pintores e escritores do modernismo.

E as danças indígenas, africanas e europeias como a valsa apresentada tinham haver com as músicas e danças apresentada na semana 22 uma vez que, o objetivo do modernismo era nacionalizar qualquer tipo de arte: A pintura, a música, a dança, a escultura e principalmente a literatura. Homenageando o grande musico e compositor Villa-Lobos.

O evento contou com a presença dos pais, alunos, direção escolar, professores, supervisores, funcionários, além de convidados.

 

Assessoria