Em Nova Olinda, prefeitura atrasa pagamento e causa revolta aos funcionários

Em Nova Olinda, prefeitura atrasa pagamento e causa revolta aos funcionários

Os motoristas lotados na Secretaria de Educação da prefeitura de Nova Olinda informaram que o pagamento referente ao mês de outubro até o momento ainda não foi efetuado. Eles disseram que essa não é a primeira vez que o caso acontece. Segundo um funcionário que exerce a profissão e preferiu não se identificar para evitar perseguição há muito tempo que esse fato acontece no município.

Os motoristas da educação resolveram fazer uma paralisação de advertência no dia de hoje(13) para tentar sensibilizar a prefeita a efetuar o pagamento. Porém, ao invés de abrir um canal de negociação o Poder Executivo determinou que fosse cortado o ponto dos motoristas que exercem suas funções na secretaria de educação. O que causou ainda mais revolta entre os funcionários.

 Segundo a denúncia a prefeitura de forma ilegal colocou pessoas contratadas para assumir as funções dos motoristas efetivos e até uma perícia realizada para saber sobre a insalubridade, foi paga com o dinheiro dos próprios funcionários. Eles também reclamam que até o momento não foi concedido nenhum reajusta salarial aos profissionais.

Os motoristas informaram que hoje foi realizada apenas uma paralisação, porém, se o caso continuar farão uma greve até que o problema seja resolvido.