Em nota, Vitalzinho nega ter recebido doação de construtora e rechaça ‘caixa 2’

Em nota, Vitalzinho nega ter recebido doação de construtora e rechaça ‘caixa 2’

O ministro do Tribunal de Contas da União, Vital do Rêgo Filho, negou, através de nota encaminhada por sua assessoria, ter recebido recursos da construtora Planície para custear despesas de sua campanha eleitoral para o governo da Paraíba em 2014, conforme foi denunciado por Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS.

Na nota encaminhada à imprensa, Vital reitera que jamais negociou, com quem quer que seja, valores relacionados a doações ilícitas de campanhas eleitorais ou qualquer tipo de vantagem pessoal indevida.

De acordo com a denúncia, o então senador teria utilizado a empreiteira para lavar R$ 1,5 milhão.

Confira, na íntegra, a nota:

NOTA

O ministro Vital do Rêgo informa que não recebeu recursos da referida empresa para sua campanha eleitoral. Reitera que jamais negociou, com quem quer que seja, valores relacionados a doações ilícitas de campanhas eleitorais ou qualquer tipo de vantagem pessoal indevida.

Assessoria do Ministro Vital do Rêgo

Tribunal de contas da União – TCU

 

 

MaisPB