Em Nota, Governo acusa Reitoria da UEPB de “omissão” e de “má fé”

Em Nota, Governo acusa Reitoria da UEPB de “omissão” e de “má fé”

O Governo da Paraíba lançou Nota, na noite desta terça-feira (6), acusando a atual diretoria da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) de omissão, por não ter atuado com planejamento para gastar os recursos disponibilizados ao órgão. Para o Governo, a reitoria da UEPB sofre de “incapacidade administrativa e de gestão” e“age de má fé” por divulgar informações inverídicas.

A Nota faz referência às notícias divulgadas recentemente apontando a Universidade como vítima da carência de recursos e da falta de repasses por parte da gestão estadual.

Segundo a Secretaria de Estado das Finanças, que assina a Nota, o Governo liberou no dia 29 de dezembro a quantia de R$ 21 milhões para suplementar a receita do órgão. Entretanto, a Secretaria alega que não houve planejamento por parte da direção da UEPB para usufruir dos recursos no prazo necessário.

Confira a Nota na íntegra:


                                                                                                      NOTA

O Governo do Estado da Paraíba vem a público repudiar notícia difundida pela atual direção da Universidade Estadual da Paraíba, que, lamentavelmente, apesar de ser uma instituição séria e de extrema importância para o Estado, continua vítima de uma gestão omissa e carente de planejamento.

O fato é que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Finanças, após determinação expressa do governador Ricardo Coutinho, repassou, no dia 29 de dezembro de 2014, o valor de R$ 21 milhões (conforme é possível comprovar por meio de cópia de documento do SIAF anexo), suplementando a receita da UEPB para fazer face às despesas finais do exercício de 2014.

Ignorando os devidos procedimentos administrativos, a atual direção da Universidade Estadual da Paraíba não teve a mínima capacidade de fazer, dentro do prazo, a previsão orçamentária necessária para que pudesse usufruir os recursos assim que eles fossem liberados pelo Governo do Estado.

E, mais uma vez, para esconder a incapacidade administrativa e de gestão, além do desrespeito com funcionários, professores e estudantes, a reitoria da universidade usa de má fé e tenta jogar a culpa para o Poder Executivo.

Nos últimos quatro anos, por entender a importância da instituição, o Governo do Estado liberou quase R$ 1 bilhão para a UEPB e, anualmente, fez repasse de verbas extras para garantir que a folha de pessoal seja paga na sua integralidade.

O Governo do Estado se solidariza com os estudantes, funcionários e professores da UEPB por estarem sujeitos a uma direção que ignora completamente o conceito de gestão fiscal e planejamento financeiro responsável.

O Governo da Paraíba também se mantém firme no propósito de investir cada vez mais na instituição, pois entende a importância dela como fonte geradora do saber científico e formador de profissionais qualificadamente preparados.

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA

Secretaria de Estado das Finanças


MaisPB