Em menos de 72 horas, Polícia Civil cumpre nove mandados de prisão em Campina Grande

Em menos de 72 horas, Polícia Civil cumpre nove mandados de prisão em Campina Grande

Em menos de 72 horas, policiais civis da Delegacia de Homicídios de Campina Grande deram cumprimento a nove mandados de prisão expedidos pela Justiça. Entre as ordens judiciais cumpridas nesta quara-feira (16), incluem-se as seis pessoas acusadas no assassinato do casal Washington Luiz Menezes e Lúcia Santana Pereira, fato ocorrido no dia 29 de março, na saída de uma festa de casamento.

Integram o grupo envolvido no duplo assassinato, que teve ampla repercussão, Gilmar Barreto da Silva e sua mulher Maria Gorete Alves Pereira; Aleff Sampaio dos Santos, Franciclécio de Freitas Rodrigues, além de Nelsivan Marques de Carvalho, apontado como mandante e Samuel Alves de Sousa, o “Samuca”, autor dos disparos que vitimaram o casal e ainda feriram um vigilante que trabalhava no local.

José Ednaldo da Silva Júnior, 24 anos, foi preso em flagrante, também nesta quarta-feira, pelas equipes da Delegacia de Roubos e Furtos, por tráfico de drogas. Com ele, a Polícia encontrou cerca de um quilo de crack. Na Delegacia, foi constatado que contra ele havia mandado de prisão, que acabou sendo cumprido.

Na manhã desta quinta-feira (17), a equipe comandada pela delegada Tatiana Mattos, também responsável pelo desvendamento da morte do casal, capturou Suélio Alves da Silva, o “Preá”, 24, acusado, junto com José Ednaldo, e Wescley da Silva Fernandes, no assassinato de Elias Pereira, ocorrido dia dois de março deste ano, o domingo de Carnaval, no bairro da Glória.

Na terça-feira (15), outro mandado judicial foi cumprido em Campina Grande, com a prisão de Welton Lima dos Santos, 30 anos. Ele é acusado de participação no assassinato de Leandro Soares de França, fato ocorrido no dia 06 de janeiro de 2013, no bairro do Itararé.

 

Assessoria