Em Itaporanga, vereador é punido pela câmara de de vereadores

Em Itaporanga, vereador é punido pela câmara de de vereadores
Doze dias depois da lamentável confusão envolvendo os vereadores Ivanilto Palmeira (PTN) e Hélio do Bar (PTB), e ainda um irmão seu, Hermes Rodrigues, durante a sessão ordinária do último dia 12, do corrente ano, da Câmara Municipal de Itaporanga em que deixou a imagem do município um tanto abalado por conta da grande repercussão que teve em todo o Estado, a Mesa Diretora da Casa acaba de tomar as medidas e punições cobradas pela população local.
 
Como prometera, durante entrevista ao PB Notícias, no dia seguinte ao da sessão, o presidente Neném de Adailton (PSB) reuniu os membros da Mesa para deliberar sobre o assunto. Após ver e rever várias vezes as imagens da sessão ficou nítido que a confusão foi iniciada pelo vereador Hélio do Bar, que é líder da base de sustentação do prefeito, tendo sua culminância após seu irmão [Hermes] sair do lugar destinado à platéia, no plenário, em direção à tribuna para tentar agredir o vereador Ivanilto.
 
Ivanilto, que é policial militar reformado, denunciava da tribuna malfeitos com relação à secretários da atual gestão municipal e num determinado momento, ao adentrar em outro tema, citou o nome de Hélio, que não gostou e imediatamente passou a desqualificar o colega de parlamento, sendo acompanhado por seu irmão - que assistia à sessão. Tanto Hélio como Hermes são pessoas pacatas, mas nesse particular não tiveram controle emocional para acompanhar os debates em tese.
 
Pois bem, como punição, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Itaporanga decidiu suspender, seguindo o que rege o art. 65, inciso VI do Regimento Interno, pelas próximas duas sessões ordinárias o vereador Hélio do Bar [de acordo com a Notificação 01/2015]. Quanto á seu irmão, fica impedido, através do art. 20 do Regimento Interno, de comparecer à câmara em todas as sessões ordinárias e extraordinárias durante todo o restante desse ano [conforme Noticiação 02/2015]. 
 
Os dois irmãos já foram devidamente comunicados das decisões tomadas pela Mesa Diretora.
Quanto à Ivanilto, ele não recebeu nenhuma punição por que não praticou qualquer ofensa, desacato, etc, contra o vereador Hélio, que portanto, foi o responsável por toda àquela confusão. Ou seja, cobrado pela população, a Mesa da Casa adotou medidas duras para que fatos dessa natureza não venham mais ocorrer naquele recinto. Os trabalhos deliberativos da Casa retornam nesta quinta-feira (26), já que não houve sessão na semana passada. 
 
 
Fonte RP