Em filiação de Dinaldinho, público chama Cássio de governador

Em filiação de Dinaldinho, público chama Cássio de governador

dinaldinho-cassioO senador e vice-presidente nacional do PSDB, Cássio Cunha Lima, convidado principal do ato que marcou a filiação do médico Dinaldo Filho, Dinaldinho, ao referido partido na noite desta sexta-feira 6, foi ovacionado na Câmara Municipal Casa Juvenal Lúcio de Sousa, de Patos. O espaço ficou pequeno para filiados e simpatizantes e lideranças de vários municípios.

O clima de euforia foi marcante a cada pronunciamento, mas quando Cássio usou a tribuna teve que esperar cessarem os aplausos. Durante sua oratória ouviu sonoro “Cássio governador” do público que lotava a galeria.

À mesa estavam Dinaldo Wanderley, presidente do diretório municipal do PSDB, deputado Antônio Mineral, Ruy Carneiro, presidente estadual do PSDB, senador Cássio, Dinaldinho, ex-DEM, agora nos quadros do Partido da Social Democracia Brasileira, senador Cícero Lucena, advogado Pedro Cunha Lima e ex-deputado Múcio Sátiro.

Os discursos tiveram o som de fortalecimento do partido e a preparação para aas eleições de 2014. Em se tratando de eleição, Cássio foi categórico ao afirmar que só vai sentar para discutir a aliança com o PSB, do governador Ricardo Coutinho, no momento certo, no ano eleitoral. Na verdade parte do PSDB defende a continuidade dessa aliança e outra a candidatura de Cássio ao governo do Estado.

Cássio lembrou da campanha presidencial, dos possíveis nomes, a exemplo da própria Dilma, Marina Silva, Eduardo Campo, mas disse que lutará nome de Aécio Neves, candidato de seu partido. Falou também do trabalho que o PSDB vem realizando na Paraíba, atraindo novas filiações e enalteceu a de Dinaldinho, que só engrandece o partido.

Em seu discurso Dinaldinho agradeceu a seu ex-partido DEM se referindo principalmente às figuras de Efraim Morais e Ademir Morais, que lhe deram grande apoio. Fez um retrospecto de sua caminhada política, desde os movimentos estudantis à candidatura a prefeito de Patos ano passado. Não esqueceu de agradecer a Bonifácio Rocha (PSB), seu candidato a vice em tal campanha eleitora na qual foram derrotados por Francisca Motta (PMDB) e Lenildo Morais (PT). Enalteceu o caráter, a ética de Bonifácio.

 

Ao final Dinaldinho, provável candidato a deputado estadual, agradeceu o carinho de todos e disse que não lhe faltará garra, determinação, caso seja candidato, e que Patos não ficará sem oposição ao governo Francisca Motta.

Fonte: Marcos Eugênio - Pbnoticias