Em encontro de prefeitos, Cartaxo diz que é preciso coragem para enfrentar as dificuldades nas gestões

Em encontro de prefeitos, Cartaxo diz que é preciso coragem para enfrentar as dificuldades nas gestões

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) participou, no início da tarde desta terça-feira (13), do Encontro de Prefeitos e Vice-prefeitos eleitos do PSD na Paraíba, realizado no auditório do Sesc Cabo Branco. Ao lado do deputado federal e presidente estadual da legenda, Rômulo Gouveia e do presidente municipal do partido na Capital, Lucélio Cartaxo, o prefeito afirmou aos demais gestores que o momento é de planejamento, diálogo e trabalho para superar as dificuldades e realizar administrações que melhorem a qualidade de vida da população paraibana.

“O PSD é um partido aberto ao entendimento, ao diálogo, à capacidade de respeitar as diferenças e trabalhar em busca da unidade para fazer as coisas acontecerem. As divergências e a disputa permanentes não levam a caminho algum. Quando a gente consegue ter humildade, simplicidade e capacidade de ouvir as pessoas a gente avança muito. O PSD permite este diálogo de maneira objetiva. Terminou o processo eleitoral, estamos aqui tendo a oportunidade de conhecer as experiências de cada um e quero passar minha mensagem de otimismo e de confiança no trabalho que teremos a partir de Janeiro”, afirmou Luciano Cartaxo.

Como gestor da cidade anfitriã do encontro e prefeito reeleito, Luciano Cartaxo falou sobre sua experiência de governar a Capital e das dificuldades que enfrentou. “Os desafios estão postos para cada um de nós, todos aqui sabem da responsabilidade de governar uma cidade. Eu não nasci prefeito, me preparei como vereador, deputado estadual, vice-governador, mas na primeira oportunidade que tive como prefeito, o que eu procurei fazer foi trabalhar muito. Quando assumimos, em 2013, a economia do país tinha um cenário completamente diferente do que é hoje”, afirmou.

Luciano Cartaxo explicou que quando percebeu os primeiros sinais de crise econômica no país, o governo municipal adotou medidas de austeridade para enfrentar o período e, dessa forma, a cidade não diminuiu o ritmo de obras. “Em 2014 o cenário começou a mudar e tomamos as medidas necessárias através de decreto, cortando gastos para poder sobrar recursos para investir no essencial e melhorar a qualidade de vida da população. Apertamos o cinto, mas não deixamos nunca de fazer os investimentos na cidade. Neste cenário, entregamos 70 obras em 2015 e até o fim de dezembro vamos chegar a marca de 80 obras entregues neste ano”.

O prefeito destacou que os prefeitos do PSD estarão unidos para trazer avanços para as cidades. “A ideia é darmos as mãos, continuar trabalhando, fazer este Estado avançar, respeitando a realidade de cada município para fazermos bons mandatos e termos o reconhecimento da população. Já superamos anos de dificuldades e continuaremos nos esforçando para que 2017 seja melhor. Sou daqueles que acreditam que ninguém consegue construir nada com pessimismo na vida.  Temos que trabalhar, ter foco com otimismo, determinação e planejamento”, declarou.

Crescimento– O presidente estadual do PSD, Rômulo Gouveia convidou todos os 27 prefeitos e 21 vice-prefeitos eleitor no pleito do último dia 2 para um almoço de confraternização e para um momento de troca de experiências para contribuir com os mandatos que se iniciam em janeiro de 2017. Embora seja uma legenda nova, com apenas cinco anos de criação, o PSD se destacou nas eleições deste ano com expressivos resultados na Paraíba, elegendo ainda 183 vereadores e sendo a segunda maior legenda em número de votos válidos.

“Minha primeira palavra tem que ser de agradecimento a todos os prefeitos e vice-prefeitos eleitos. O PSD está em 203 municípios e pretendemos chegar a todos os 223. Mas agora, depois da eleição, começa uma nova etapa, o maior desafio que é governar as cidades. Conseguimos reeleger praticamente todos os prefeitos que disputaram a reeleição, sinal de que a população aprovou as gestões e estes prefeitos têm muita experiência a oferecer. E o segredo é o trabalho, por isso idealizamos este encontro para realizar uma troca de experiências”, disse.

Rômulo Gouveia afirmou ainda que seu mandato está à disposição de todos os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do PSD para auxiliá-los a superarem os desafios dos próximos anos. “Meu mandato está à disposição em Brasília para buscar recursos e apoiar no que for preciso. A gente sabe da conjuntura difícil, mas não podemos usar isso como recuo. Pelo contrário, temos que reagir à crise, porque gestor bom é aquele que governa na dificuldade”, declarou. Ele ainda afirmou que recebeu as garantias dos três senadores de que eles também estão prontos para ajudar no que for preciso a todos os gestores do PSD para conseguir mais investimentos.

 

Presenças – Participaram do encontro os prefeitos Sobrinho (Alagoa Grande); Maricleide (Algodão de Jandaíra); Júlio Cesar (Aparecida); Cacilda (Barra de Santana); Leonice Lopes (Boa Ventura); Roberto Bayma (Bom Jesus); João Paulo (Boqueirão); Zé João (Caturité); Pedrito (Cruz do Espírito Santo); João Idalino (Dona Inês); Manoel da Lenha (Ingá); Luciano Cartaxo (João Pessoa); Ana de Nal (Juarez Távora); Fabiano Pedro (Lagoa de Dentro); Antônio Gomes (Mari); Fatima Silva (Matinhas); Jonas (Montadas); Deusinho (Olivedos); Natália (Ouro Velho); Jarbas Melo (Pedra Lavrada); Daniel Galdino (Piancó), Leonardo (Pitimbu); Emmanuel (Santa Helena); Coloral (São José da Lagoa Tapada); Danilo (Serra Redonda); Petrônio (Serraria) e Dada Lustosa (Imaculada).

E os vice-prefeitos Joao da Ideal (Alagoa Nova); Acácio (Alcantil); Dona Marília (Areia); João Melquiades (Bom Jesus); Marcos Freitas (Boqueirão); Francisca Maria (Brejo do Cruz); Nanan (Coxixola); Demétrio (Dona Inês); Tião (Frei Martinho); Rawlisson (Junco do Seridó); Dalva (Lagoa Seca); Minininho (Massaranduba); Lulu (Montadas); Calecileno (Monteiro); Gerson (Olivedos); Ike (Ouro Velho); Mazinho Formiga (São José da Lagoa Tapada); Dr. Airton (São Vicente do Seridó); Luiz Machado (Serra da Raiz); Geraldo Vieira (Sertãozinho) e Zenildo Oliveira (Sousa).

 

 

 

Assessoria