Em Coremas, Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva nesta quarta

Em Coremas, Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva nesta quarta

O agente da delegacia de Coremas, Marcondes Castro, cumpriu na manhã desta quarta-feira, 13, um mandado de prisão preventiva em desfavor do agricultor Inácio Lopes da Silva, de 50, morador do bairro Cabo Branco, que responde a um processo por homicídio culposo (sem intenção). Trata-se de um caso onde uma criança faleceu vítima de choque elétrico em sua propriedade.

O homem, no entanto, só foi preso porque o oficial de Justiça alegou não o ter encontrado no endereço supostamente informado pelo acusado, o que motivou a Justiça a decretar sua prisão preventiva. Embora o oficial tenha relatado que procurou e não conseguiu encontrar o homem, o policial levou apenas poucos minutos para localizá-lo.

Depois de passar para a delegacia, Inácio foi encaminhado à cadeia pública local. Sua advogada tentou a revogação da prisão preventiva, o que não foi possível porque não havia juiz no fórum, e o magistrado só deverá retornar ao trabalho na próxima semana. Segundo a defensora do acusado, não havia necessidade de prisão porque seu constituinte nunca se ausentou de Coremas, tem residência fixa e trabalha.

 

Folha do Vale