Em coletiva, Cássio diz que eleição na PB teve abuso de poder político e econômico

Em coletiva, Cássio diz que eleição na PB teve abuso de poder político e econômico

O candidato do PSDB ao governo da Paraíba, Cássio Cunha Lima, concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (06) na ASPLAN, em João Pessoa, onde acusou o seu adversário, Ricardo Coutinho (PSB), de abuso de poder político e econômico no primeiro turno das eleições.

Cássio disse que policiais militares  chegaram a ser presos panfletando para o governo e disse ainda que o programa "Empreender" teria sido usado politicamente para favorecer o socialista.

"Travamos uma batalha no primeiro turno onde o abuso de poder político e econômico atingiu um patamar jamais visto na História, mas vencemos no primeiro e venceremos no segundo turno", disse.

Para o tucano, o resultado das urnas mostra "que o povo da Paraíba reprovou o governo por maioria dos votos".

Ao ser questionado sobre o possível apoio do PMDB no segundo turno, Cássio disse não ver qualquer impedimento e lembrou que o ex-ministro e deputado federal eleito, Aguinaldo Ribeiro o apoiou, mesmo votando na presidente Dilma Roussef.