Em campanha, Michel Temer faz parada em João Pessoa nesta sexta-feira e tentará unificar o PMDB

Em campanha, Michel Temer faz parada em João Pessoa nesta sexta-feira e tentará unificar o PMDB

Nesta sexta-feira (29), o presidente nacional do PMDB, Michel Temer, também vice da República; desembarca em João Pessoa para um encontro com o PMDB Estadual. Um dos objetivos da visita é estimular o partido a lançar candidatos próprios nas eleições municipais deste ano, principalmente nos grandes centros paraibanos. E mais: tentar unificar o partido em torno das pré-candidaturas postas.

A programação divulgada pelos peemedebistas estaduais prevê para às 9hs um "encontro com as bancadas federal e estadual, prefeitos, vereadores, lideranças e convencionais do PMDB da Paraíba". Às 11horas, "o vice-presidente da República concede entrevista coletiva". Um dos pontos da conversa com à imprensa será a operação Lava Jato.

Está definida que toda a programação da visita de Temer se dará na sede do Diretório Estadual do PMDB, localizada na Avenida Duarte da Silveira (Beira Rio), centro de João Pessoa, em frente a sede do DER - Departamento de Estrada e Rodagem. A Paraíba é o segundo estado a ser visitado pelo dirigente nacional do pemedebê. Ontem, ele esteve no Paraná.

Sobre as eleições municipais, ele vai estimular os peemedebistas a votarem em Manoel Júnior, pré-candidato a Prefeitura de João Pessoa, também em outros municípios do Estado, a exemplo de Veneziano Vital em Campina Grande e Léo Micena, em Bayeux. O objetivo é unificar o partido.

A propósito das candidaturas do PMDB, o presidente nacional do partido expôs seu ponto de vista: "Queremos que os nossos candidatos tenham um programa do partido para anunciar. É exatamente a questão de estabelecer no Brasil uma verdadeira federação...".

"... Porque no Brasil a federação não é só de estados, mas também de municípios. Precisamos prestigiar os municípios para, quem sabe, termos uma grande reforma da federação brasileira".

Toda essa movimentação decorre de um projeto de um partido que pensa concorrer à presidência da República, em 2018, com candidatura própria. Da última vez que Michel Temer esteve aqui foi para homologar a aliança do PMDB com o PSB no segundo turno das eleições de 2014, que reconduziu o governador socialista Ricardo Coutinho ao Palácio da Redenção.

 

 

 


Marcone Ferreira