Em busca de identidade, Brasil repete time pela primeira vez contra Colômbia

Em busca de identidade, Brasil repete time pela primeira vez contra Colômbia

Fique atento para algo inédito na partida desta terça-feira entre Brasil x Colômbia, às 21h45 (horário de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus, com transmissão ao vivo da TV Globo, do SporTV e, a partir das 20h, do GloboEsporte.com

Pela primeira vez nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a seleção brasileira terá a mesma escalação em duas partidas consecutivas. Não por acaso, as duas primeiras de Tite no comando, o que simboliza a busca pela criação de uma identidade nessa nova etapa.

A manutenção da formação se respalda pela estreia da semana passada, a vitória por 3 a 0 sobre o Equador, em Quito. O desempenho foi muito melhor do que jogadores e comissão técnica esperavam, e Tite quer aproveitar o momento de sintonia. Enquanto os atletas atribuem ao treinador e seus auxiliares a imposição de um estilo de jogo, eles, por sua vez, elogiam a rapidez com que o grupo assimilou as ideias.

Esses conceitos independem de escalação. O “jogo apoiado” que Tite tanto pede, baseado em triangulações, posse de bola, na compactação e participação de todos tanto na armação ofensiva quanto no sistema defensivo, serão foco com quaisquer jogadores em campo.

Mas na situação delicada que a equipe ainda vive na tabela, onde, apesar de estar a dois pontos da Argentina, que lidera a corrida pelo Mundial-2018, se encontra apenas na quinta colocação, manter os jogadores que obtiveram um êxito tão precoce ajuda a fortalecer a criação da identidade dessa nova seleção brasileira.

 

– A Seleção tem um grupo muito promissor, com muita fome de resultado, de recriar uma identidade que sempre teve. E todos estamos hoje muito felizes pelo grupo que temos. Há muito tempo eu não sentia essa sensação que tenho com esse novo grupo, que, apesar da idade e de ter jogadores estreantes, parece que se conhece de toda vida. Estamos lutando para ganhar uma estabilidade, uma identidade para que o torcedor possa se identificar com os jogadores que aqui estão. Esse é nosso maior objetivo – afirmou o lateral-direito Daniel Alves, capitão em Manaus.

 

Veja abaixo as escalações do Brasil até agora nas eliminatórias, e depois a ficha técnica da partida desta noite:

2015

8/10 - Chile 2x0 Brasil: Jefferson, Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Elias, Oscar, Willian e Douglas Costa; Hulk.

13/10 - Brasil 3x1 Venezuela:Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Oscar, Willian e Douglas Costa; Ricardo Oliveira.

13/11 - Argentina 1x1 Brasil: Alisson, Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Lucas Lima, Willian e Neymar; Ricardo Oliveira.

17/11 - Brasil 3x0 Peru: Alisson, Daniel Alves, Gil, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias e Renato Augusto; Willian, Douglas Costa e Neymar.

2016

25/3 - Brasil 2x2 Uruguai: Alisson, Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho e Renato Augusto; Willian, Douglas Costa e Neymar.

29/3 - Paraguai 2x2 Brasil: Alisson, Daniel Alves, Gil, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho e Renato Augusto; Willian, Douglas Costa e Ricardo Oliveira.

1/9 - Equador 0x3 Brasil: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus.

FICHA TÉCNICA

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite

COLÔMBIA: Ospina, Árias, Óscar Murillo, Jeison Murillo e Díaz; Sánchez, Pérez, Celis, Cuadrado e James Rodríguez; Bacca. Técnico: José Pekerman

Data: 6/9/2016 Horário: 21h45 (de Brasília) Local: Arena da Amazônia, em Manaus-AM Árbitro: Patricio Lousteau (ARG) Auxiliares: Iván Nuñez e Gustavo Rossi (ARG)

 

 

Globo Esporte